Matt Mondanile e a Pluralidade em seu Ducktails

Músico, também da banda Real Estate, conversa sobre seu mais recente disco

Matt Mondanile e a Pluralidade em seu Ducktails

A impressão que dá ao pesquisar sobre Ducktails é que o projeto de Matt Mondanile vem sempre em múltiplos: É um disco gravado em mais de um lugar, artistas com os quais ele contribui e até mesmo seu trabalho com sua banda mais conhecida, Real Estate. Tudo vem no plural.

Esse dinamismo fica interessante na voz calma e quase dispersa de Matt, que conversou ao Monkeybuzz por telefone sobre seu trabalho, principalmente sobre o recém-lançado St. Catherine, já o quinto álbum sob o nome Ducktails.

“Sempre me perguntam como eu dou conta de duas bandas”, revela ele, “o que faz sentido. Eu tenho as experiências em dobro, acabo aprendendo mais da dinâmica de trabalho em grupo por conta disso”.

Essa experiência no trabalho coletivo rende parcerias e colaborações com diversos outros músicos, seja com Julia Holter ou mesmo a participação de Mac DeMarco no divertido Surreal Exposure (“Ele mora perto dos meus pais, estava disponível e decidimos gravar o vídeo”, conta Matt, “foi bem espontâneo).

“É legal trabalhar com pessoas diferentes”, ele explica, “gosto de ter uma nova perspectiva com as ideias de outra pessoa, gosto de colaborações”. Foi pelos diferentes pontos de vista também que ele decidiu gravar St. Catherine em lugares diferentes, não em um só estúdio: “A maior parte das músicas foi gravada em Los Angeles e no meu quarto”, explica, “o que é ótimo para ter novas perspectivas sobre uma mesma música”.

“Na mixagem, você relaciona os sons de uma maneira coesa”, conta Matt, “mas antes você está em contato com ambientes diferentes e pessoas diferentes. É ótimo para o álbum”. Outro ponto positivo do disco é a produção de Rob Schnapf (“um cara ótimo”), responsável de sucessos de músicos como Elliott Smith.

Matt afirma ainda que enxerga sua música como algo despojado que não abre mão da energia, música que pode ser ouvida diariamente. Em um cenário em que todas as características vem sempre em plural, não teria mesmo como Ducktails não criar algo que viesse em direções não necessariamente contrárias, mas múltiplas.

Artistas: Ducktails, Real Estate

Marcadores: Entrevista