MØ: Soul eletrônico com a veracidade do Pop Sueco

Karen Marie Ørsted lançou dois singles e já tem despertado olhares curiosos da mídia

MØ: Soul eletrônico com a veracidade do Pop Sueco

Os pomares escandinavos continuam dando frutos musicais de qualidade única. Sendo um dos expoentes do Synthpop, vale gravar e ficar de olho em mais um nome provindo da Dinamarca que nomeia seu alter-ego artista como . Apesar da pronúncia ficar na dúvida, o nome adquirido pela cantora traz o significado da palavra "virgem" e também uma brincadeira com seu nome completo Karen Marie Ørsted.

Já sendo uma aposta bem comentada em blogs ao redor do mundo, as comparações variam entre Lana Del Rey e Grimes, o que na verdade seriam dois grandes extremos entre vocais e arranjos. De fato, existem nuances de cada uma delas, mas Ørsted traz em seu som uma leveza e sinceridade que só o Pop sueco costuma trazer. Suas referências traduzem melhor seu propósito de música.

A jovem de apenas 23 anos se inspira em nomes como a conterrânea Lykke Li e Little Dragon, e define seu estilo como Soul Eletrônico, que reflete muito bem a ideia da qual Karen Marie mostra em seus singles, trazendo também pitadas de Ska.

Tendo apenas revelado duas faixas na Web, Pilgrim e Maiden, ambas tem um potencial para hit não chiclete, como em músicas que trazem significado e sentimento e não apenas tentam te hipnotizar, fazendo novamente uma ressalva a um Pop mais pensado e pouco pasteurizado. Para quem ainda permanece em dúvida a respeito da moça e qual o tipo de som ela produz, vale se espelhar em nomes como Rhye. Até então, não foi revelado se há uma pretensão de lançamento de EP ou disco maior num futuro próximo. Enquanto isso, vale ir ouvindo no repeat as canções ritmadas e honestas de MØ.

Artista: