Melanie Martinez em Cinco Vídeos

Pop cheio de personalidade justifica sucesso da cantora

Por André Felipe de Medeiros, 23/03/2017, às 17:45

Fotos: Catie LaFoon

Por essa muita gente não esperava, mas o Lollapalooza Brasil 2017 terá uma ex-participante do programa televisivo The Voice entre suas atrações, mas alguém bastante diferente do músico enlatado que uma produção dessas costuma gerar.

Na verdade, ela é tida como o único real sucesso do programa, ironicamente (ou nem tanto, se você parar para pensar) ao apostar em um estilo muito próprio, uma estética que vai do visual ao conteúdo crítico das músicas - muito além do que uma bela voz pode causar.

Com show marcado para o domingo, 26, Melanie Martinez promete levar para o Palco Axe um pouco da piração de seu disco Cry Baby (2015) e de seus clipes, todos dirigidos por ela mesma. Conheça mais da cantora através de alguns deles.

Dollhouse

O maior sucesso de Melanie foi seu primeiro single, e ele explica muito de sua identidade como artista. Sua estética infantilizada faz contrapeso aos comentários sociais que ela realiza - no caso, a de uma família que mantém as aparências enquanto muita sujeira é varrida para debaixo do tapete.

Sippy Cup

A ambientação mais Eletrônica em sua música vem em função do conteúdo mais Pop de suas composições, e Sippy Cup é um bom exemplo disso. Ainda assim, ela reforça a ideia de que ela participa de um lado-B do mainstream ao colocar violência em seus clipes ao lado de uma postura mais agressiva em sua interpretação.

Alphabet Boy

É interessante notar a maneira que, como já mencionado, ela não se contenta com seu vocal e adiciona muito mais ao seu trabalho. Ainda assim, Melanie é uma cantora com um timbre bastante peculiar e um domínio vocal, tanto em alcance, quanto em saber aproveitar seu estilo único de cantar. Alphabet Boy é um bom exemplo de ambas as características.

Dois vídeos no The Voice

Para terminar, eis dois momentos de Melanie Martinez no programa que iniciou seu reconhecimento em larga escala: Sua primeira audição (na qual cantou, do seu jeitinho, Britney Spears) e uma performance de Seven Nation Army (que, se não é memorável, é louvável pela escolha de levar The White Stripes a um programa de TV desses).

mais sobre