Backup: The National

Carinho do público pela banda será celebrado no segundo dia de Lollapalooza Brasil

Por André Felipe de Medeiros, 05/03/2018, às 17:57

Não sei dizer quantas pessoas que conheço que possuem The National em seus top 10 oficiais de "bandas da vida". São muitas, todas com uma conexão muito particular com o grupo norte-americano e seus quase 20 anos de carreira. E penso que é essa relação que será celebrada no fim de tarde do sábado, 24 de março, quando Matt Berninger e seus companheiros subirem ao palco do Lollapalooza Brasil 2018.

Essa relação tão pessoal foi discutida aqui no Monkeybuzz há quase quatro anos em um artigo devidamente intitulado Por Que The National É Tão Amado?: "(...) é dificil não ficar tocado quando se escuta The National. Todos os elementos da banda e como os próprios músicos se adaptam as suas faixas, trazendo vibração e intensidade como poucos, ao mesmo tempo em que cantam palavras tão relacionadas ao coração, acabam colocando-os como cantores de Blues modernos, proferindo as suas mazelas, seus desejos e a eterna insatisfação amorosa, algo que dificilmente não toca o ouvinte" (artigo, maio de 2014).

Ao comentar a faixa Pink Rabbits, a maneira que o site encontrou de descrevê-la foi de ter as maiores qualidades que The National apresenta: "(...) as belíssimas melodias, a voz do vocalista Matt Berninger e é claro as letras densas e emotivas conhecidas desde seus outros álbuns clássicos" (Ouça, maio de 2013). Tais qualidades servem também como pista para entendermos a comoção que veremos durante seu show no festival, assim como a relevância de seu trabalho no cenário atual.

"O que existe hoje - e isso é bom - é uma centrífuga de estilos modernizantes e visões modernizantes e posturas modernizantes, que funcionam como um creme antirrugas, que prevê o envelhecimento precoce de conceitos e ideias. The National é uma das formações em atividade hoje que melhor manipula isso, tornando possível sua permanência e relevância, à medida que nunca cede às tentações de surfar nas ondas fáceis da nostalgia ou naufragar na mesmice" - como dito sobre Sleep Well Beast (resenha, setembro de 2017).

E é com o show da turnê desse disco que The National chega ao Lolla, mas, certamente, trará conteúdo de registros anteriores, de Trouble Will Find Me aos mais antigos. Pode apostar, de qualquer forma, que a emoção no gramado do Palco Budweiser será digna de toda a sua discografia.

MARCADORES: Lollapalooza Brasil 2018
ARTISTAS: The National

mais sobre