Liam Gallagher: Hinos Atemporais e Aquele Som de Qualidade

Diferentes momentos do músico inglês estarão presentes em sua apresentação no festival

Por Lucas Cassoli, 13/03/2018, às 18:04

Enquanto os fãs ainda aguardam um utópico, porém esperançoso, retorno da clássica Oasis, os projetos solos dos irmãos Gallagher são os que aliviam esta frustrante espera. Mas, ao contrário do que pode parecer, essas bandas parecem agregar fãs cada vez mais fora do quadrado dos saudosistas de Oasis, criando cada qual uma base de entusiastas que vai além da discussão Noel X Liam. No Lollapalooza Brasil de 2016, tivemos a oportunidade de conhecer de perto o projeto Noel Gallagher’s High Flying Birds e, agora, Liam Gallagher assume um dos nomes de peso a se apresentarem nesta edição do festival.

Liam fará sua primeira apresentação no Brasil com seu recém lançado disco solo, As You Were, uma espécie de atualização do Brit Rock que Oasis fazia, misturado com sonoridades mais Pop e, até mesmo Indie. Apesar da comparação com sua antiga banda ser inevitável, é curioso perceber que o álbum ganha um destaque por si só, tanto pela produção caprichada de Greg Kurstin (Sia, Adele) como pela sequência de singles dançantes e cativantes que trará a fim da tarde de domingo uma vibe gostosa e alegre - como há em quase todas as edições do festival. Podemos esperar danças descontraídas e pulos incessantes em singles como Wall Of Glass, Comeback To Me e Bold.

Além do ótimo disco solo de estreia, não podemos nos esquecer de Beady Eye, projeto que embora curto refletiu uma sonoridade parecida com Oasis, para alegria dos fãs (contando com todo os membros menos Noel). Com um pé firme nos anos 1970 e o outro no Brit Pop, o conjunto lançou dois discos difíceis de esquecer e cuja falta no setlist desse show seria uma injustiça. Pode ser que as músicas de BE e Different Gear, Still Speeding fiquem um tanto apertadas entre o projeto solo e as canções de Oasis, mas elas são certamente um momento delicioso de se apreciar no fim da tarde, incluindo canções calmas para o pôr do sol como Soul Love e Second Bite Of The Apple é contagiantes hinos Indie como Bring The Light e The Roller.

Mas, mesmo com dois ótimos projetos, não há como negar que boa parte da vontade de ver Liam Gallagher provém dos imortais hinos de Oasis. Faz quase dez anos que a banda anunciou o fim de suas atividades e também que os brasileiros tiveram a oportunidade de ver um show dos irmãos Gallagher. Embora a reunião oficial seja algo bastante utópico por ora, a possibilidade de poder cantar hits como Wonderwall, Don’t Look Back In Anger, Supersonic e Stand By Me junto a pelo menos um dos irmãos é uma proposta sedutora. Ainda que esta seja oficialmente a turnê de As You Were, é difícil acreditar que Liam irá deixar músicas do Oasis de fora de um show sediado no palco principal do festival. É emocionante pensar no uníssono que se formará quando todos cantarem com força Wonderwall.

Assim, dá para ver que música boa é o que não vai faltar durante o show de Liam Gallagher. Três projetos de diferentes épocas são a garantia de que teremos uma hora garantida de muito Rock Alternativo de qualidade. E para quem ainda está em dúvida, tem a chance de ver o músico inglês em apresentação separada do festival no Lolla Party que acontecerá dia 21 de março no Audio Club.

MARCADORES: Aquecimento
ARTISTAS: Liam Gallagher

mais sobre