Marcelo Perdido - Lenhador

Marcelo Perdido - Lenhador
  • Ano: 2014
  • Selo: Independente
  • # Faixas: 12
  • Estilos: MPB, Lo-FI
  • Duração: 41:26
BBaaa

Se na sua ex-banda, Hidrocor, Marcelo Perdido nos dizia que havia clichês e que não gostava dos novos "quês" dessa "Nova MPB", aqui, em sua estreia solo com o disco Lenhador, parece que nos deparamos com algo que antes o cantor e compositor se via contra.

A tal da Nova MPB realmente andou se espalhando nos últimos anos. E, assim como qualquer tipo de arte, isso trouxe maus e bons frutos. O que notamos é que alguns desses acabam resgatando versos da velha guarda com uma roupagem mais atual e moderna, enquanto outros soam mais como músicas mais rasas e sem muita profunidade, indo para temas de uma classe média burguesa que vê em metáforas cult um charme para suas composições. Público há para ambos os tipos de som, mas, com relação ao conteúdo, o segundo fica um pouco a desejar.

E, infelizmente, é isso que vemos em Lenhador, que apresenta tais modelos líricos com uma musicalidade que às vezes é chamada de tímida, mas pode ser tida como superficial e acrescida de um toque Lo-Fi em algumas faixas para dar uma cara mais moderna e da moda. Com uma audição que se arrasta até alguns pontos de leve alta, como com o “frevinho” modernoso de É Pimenta a Pop Meu Maravilhoso Amigo Meu e Merda, que talvez junto de Pendura sejam as duas que mais soem organicamente, com naturalidade de expressão.

Lenhador acaba sendo uma obra sem grandes alardes como acabou se dando para sua chegada. Marcelo está agora em uma nova fase de sua carreira e vem tentando achar sua forma nova. Há sim público para essa - que também é - Nova MPB. Deixemos que cada vez mais tudo soe orgânico pois, colocando tudo em seu lugar, tudo fica bem.

Bom para quem ouve: Submarinos , Cicero , Nana

Artista: Marcelo Perdido

Marcadores: Lo-Fi, MPB