Son Lux - Bones

Son Lux - Bones
  • Ano: 2015
  • Selo: Glassnote
  • Produção: Ryan Lott
  • # Faixas: 11
  • Estilos: Indie Eletrônico, Post-Dubstep, Eletrônico Experimental
  • Duração: 39:17
BBBaa

Uma mudança essencial está acontecendo na carreira de Ryan Lott e seu Son Lux, muito maior do que sua faixa de abertura Change Is Everything sugere. Digo isso porque, apesar de seu novo álbum Bones soar como uma evolução natural do projeto até aqui, sem grandes reviravoltas sonoras evidentes, uma transformação estrutural é o que vai delinear o novo espírito de Son Lux a partir de agora.

Ryan Lott é um criador solitário, com um método de composição bastante cerebral e quase anti-intuitivo - que nos lembra, em certos aspectos o trabalho de Tyondai Braxton -, que acaba soando, para o bem e para o mal, bastante hermético no estilo que desenvolveu (a saber, uma espécie de Minimalismo Maximalista, ou seja, a manipulação superlativa de poucos elementos e efeitos sonoros).

Apesar de inúmeras parcerias, tanto dentro de seu Son Lux quanto em outros projetos paralelos, Lott sempre foi o líder e protagonista solitário de seu próprio projeto, até que precisou angariar Rafiq Bathia e Ian Chang para as apresentações ao vivo de Lanterns, seu trabalho anterior (e um dos maiores expoentes de sua carreira).

A parceria aparentemente funcionou, pois agora Chang e Bathia participam como músicos e compositores integrantes de Son Lux. A influência dos dois ainda é discreta - uma guitarra cristalina em Undone e uma percussão exótica em Now I Want, por exemplo - mas indicam, conforme dito anteriormente, uma transformação primoridial em Son Lux que parece, aos poucos, tirar Lott de sua atmosfera solipsista, quase que “individual demais”.

Por enquanto, Bones ainda transita sem muita coesão entre os climas que propõe, ou seja, ora a melancolia Post-Dubstep minimalista de James Blake, ora no Pop Eletrônico estridente e tropical de St. Lucia. Sem grandes chamativos, no entanto aprimorando a estética do que gosta de fazer.

Bom para quem ouve: Sisyphus , St. Lucia , James Blake

Artista: Son Lux

Marcadores: Eletrônico Experimental, Indie Eletrônico, Post-Dubstep