EL VY - Return To The Moon

EL VY - Return To The Moon
  • Ano: 2015
  • Selo: 4AD
  • Produção: Brent Knopf
  • # Faixas: 11
  • Estilos: Indie
  • Duração: 41
BBBBa

As expectativas em torno de um “projeto paralelo” de algum músico costumam somar alguma medida de ansiedade com outra de desconfiança. Se, por um lado, a curiosidade em torno de uma novidade de algum artista que nos encanta alimenta um dos nossos desejos mais fortes a respeito de um lançamento musical (justamente o fator “novidade” dele), de outro, o teor de despretensão de uma empreitada que não seja a “oficial” de determinado músico pode acarretar em uma obra que não exibe tanta potência quanto àqueles álbuns nos quais se imprime mais cuidado e atenção.

Felizmente, para os músicos do projeto em questão, a despretensão não poderia vir em melhor medida. Sendo parte The National e parte Ramona Falls, EL VY encontra o ponto de fusão entre o melhor de seus projetos correlatos. Se, por um lado a voz barítona de Matt Berninger é um dos fatores marcantes em The National, responsável em grande parte por ditar o clima grave e melodramático da banda, de outro, o elemento terroso de sua performance acaba afastando toda a ginga desse universo. E é em EL VY que Berninger encontra o respiro tão necessário em seu trabalho (por isso, quando comparado exclusivamente a The National, EL VY soa como um projeto indefectível). Em outra instância, Return To The Moon também conta com a mão precisa de Brent Knopf que consegue tornar maleável o trabalho de seu companheiro, temperando os ares tropicais de seus sintetizadores e baterias eletrônicas com coesão graças, justamente, à personalidade mais centrada de Berninger.

O que temos é, em certa medida, um resultado tão interessante quanto ao da banda americana Cake, que mescla com sucesso seus aspectos mais dançantes à personalidade sisuda de seu vocalista, resultando numa sonoridade polissêmica e, por isso mesmo, pouco óbvia e muito interessante de ouvir. Ainda no campo das comparações, Return To The Moon soa embalada pela alma artsy Indie de Wolf Parade, embora exalte o aspecto confessional de Berninger (como, talvez, nunca antes visto em seu trabalho). Confissão essa, por sua vez, que se inspira notadamente em Leonard Cohen (ouça Paul Is Alive), mas sem atingir o grau de sublimação poética deste último (Berninger escreve deliberadamente, em return to the moon, a respeito de seus problemas não-tão-graves-assim).

Ao final de algumas audições, EL VY parece redimir o risco existente em lançamentos de projetos paralelos. Encontrando o melhor de duas personalidades Return To The Moon traz de maneira coesa uma alma dançante e um espírito prático. Uma das excelentes pedidas desse ano.

Bom para quem ouve: Cake , Leonard Cohen , Wolf Parade

Artista: EL VY

Marcadores: Indie