Beyoncé - Lemonade

Beyoncé - Lemonade
  • Ano: 2016
  • Selo: Parkwood/Columbia
  • Produção: Beyoncé Knowles, Kevin Garrett, Diplo, Ezra Koenig, Jack White, Wynter Gordon, Kevin Cossom, MeLo-X, Danny, Boy Styles, Ben Billions, Boots, Mike Dean, Vincent Berry II, James Blake, Jonathan Coffer, Just Blaze, Mike Will Made It
  • # Faixas: 12
  • Estilos: Pop, R&B, Pop Eletrônico
  • Duração: 45:49
BBBBa

A coesão que dá unidade às doze faixas de Lemonade pode ser resumida no nome Beyoncé, já que o disco continua a proposta da artista de trabalhar lançamentos sólidos e fora do óbvio independentemente dos outros adjetivos empregados para cada uma de suas músicas.

Sua escolha da vez foi apresentar um conteúdo protagonizado por uma mulher forte cujo pano de fundo duplo - sua afrodescendência e a infidelidade do parceiro - é tido tanto como combustível, quanto como pretexto para exercitar sua força. O quanto isso representa a experiência pessoal da artista não vem ao caso, já que não influencia na qualidade de sua música.

O que Beyoncé inegavelmente soube colocar em prática em Lemonade foi a escolha de parceiros para as novas músicas, nomes que vão de Jack White a Diplo, passando por James Blake e Ezra Koenig (Vampire Weekend), o que resultou em um trabalho propositalmente múltiplo que registra um pouco da versatilidade da cantora.

Há um flerte com o Rock (Don't Hurt Yourself, com White), com o Country (Daddy Lessons), uma baladona no piano (Sandcastles), pelo menos um candidato a grande hit do R&B Contemporâneo (6 Inch, com The Weeknd), um momento Hip Hop caprichado (Freedom, com Kendrick Lamar) e mesmo uma música que parece ter saído exclusivamente de um álbum de James Blake (com ele no vocal).

O sucesso Formation encerra o disco em grande estilo, sendo essa talvez sua melhor música, principalmente quando colocada ao lado de Sorry e Hold Up, duas candidatas a futuros singles com menor expressividade, por melhores que sejam. Com All Night Long e Love Drought preenchendo espaços muito significativos no repertório, a audição flui legal, sem que a diversidade sonora pareça forçada.

Lemonade é um disco que sabe como poucas obras manter seus dois pés no presente, aproveitando temas, influências sonoras e alguns dos melhores nomes da música de hoje. Quanto ao futuro do mainstream, Beyoncé mostra mais uma vez que ele está em boas mãos. Como compositora, produtora, mulher, negra, mãe, dançarina, cantora e alguém cujo sair de casa já é dar a cara à tapa para os julgamentos de mídia e público, sua força como artista é abastecida diariamente e deve, felizmente, gerar ainda muitos trabalhos de qualidade como esse.

(Lemonade em uma faixa: Formation)

Bom para quem ouve: Yuna , Lauryn Hill , Frank Ocean

Artista: Beyoncé

Marcadores: Pop Eletrônico, R&B, Pop