Oddisee - The Odd Tape

Oddisee - The Odd Tape
  • Ano: 2016
  • Selo: Mello Music Group
  • Produção: Oddisee
  • # Faixas: 12
  • Estilos: Jazz Fusion, Hip Hop, Instrumental, Eletrônico
  • Duração: 55
BBBBa

O rapper e produtor norte-americano Amir Mohamed el Khalifa, mais conhecido pelo codinome Oddisee, entre o lançamento de álbuns, EPs e mixtapes, mantém uma carreira ativa desde o fim dos anos 90. Por isso, não é de espantar a tamanha qualidade de seu viségimo trabalho, intitulado The Odd Tape.

The Odd Tape faz parte de uma sequência de mixtapes (Odd Summer, Odd Autumn, Odd Winter, etc.) que, ao contrário do que seus respectivos nomes sugerem, não têm nada de esquisitas. Na verdade, faz muito mais sentido se olharmos para os títulos dos álbuns como uma corruptela do nome de seu criador, e encará-las como uma faceta pessoal (e, em certa medida, como pede uma mixtape, despretensiosa) do artista.

E quando digo despretensiosa não estou acusando, em absoluto, a qualidade do produção do trabalho. Como uma breve audição deste acaba provando, Oddisee é um nome que é capaz aliar uma produção virtuosa a uma audição fluída, refrescante e muito prazerosa. The Odd Tape propõe, através do título de suas faixas - todas instrumentais -, uma narrativa que acompanha o desenrolar de um dia na vida do artista. Acordar com o alarme, sentar na cama, tomar o café, e assim sucessivamente até a saída noturna e o retorno para a cama.

Há uma pegada jazzística, temperada ao Funk e à Música Eletrônica, que remetem ao supra sumo do Hip-Hop, seja nos samples consagrados por Nas, seja no resgate contemporâneo que bandas ao estilo de BadBadNotGood fazem. Em sua narrativa, as músicas frequentemente mudam de tema no meio do caminho, fazendo do álbum mais fluído e imprevisível, e da sua divisão em faixas uma mera convenção, assim como são as etapas de nossa vida cotidiana.

Ao final, o tema de encerramento da última faixa (que se chama Still Sleeping) encaixa-se muito bem com o tema de abertura da primeira, o que nos faz pensar que tudo não passou de um sonho, um devaneio de nosso subconsciente quando pegamos no sono novamente, ao invés de acordar, após o toque do despertador.

A interconexão entre o sonho e o cotidiano parece fazer jus a atmosfera de The Odd Tape. Uma atmosfera ao mesmo tempo leve, fluída e imprevisível marca um dos álbuns instrumentais mais descolados desse ano até agora.

(The Odd Tape em uma música: Right Side of the Bed)

Bom para quem ouve: Koi Child , Todd Terje , Nas

Artista: Oddisee

Marcadores: Eletrônico, Jazz Fusion, Instrumental, Hip Hop