Sentidor - Am_Par_Sis

Sentidor - Am_Par_Sis
  • Ano: 2017
  • Selo: Sounds & Colours
  • Produção: João Carvalho
  • # Faixas: 11
  • Estilos: Experimental, Ambient Music, Glitch Music
  • Duração: 42:00
BBBBa

Sentidor é um dos nomes da música experimental brasileira mais ambiciosos e profundos dos últimos anos. Conduzido por João Carvalho, o projeto gira em torno do grande laboratório sensorial que o jovem mineiro construiu para si ao longo de sua vida, traduzindo seu pensar em matéria sonora bruta e nos surpreendendo com os diferentes lados de sua mente.

Assim, cada disco reflete uma personalidade ou momento de sua compreensão do mundo, justificando cada vez mais o nome do projeto, que também pode ser interpretado como um título de ofício. Mergulhado em referências que vão desde o Emo dos anos 1990 (com a banda El Toro Fuerte) e experimentalismos cinematográficos (com seu outro projeto Rio Sem Nome), João agora contempla um universo escondido no disco de 1987, Passarim, de Tom Jobim. Quase como se fosse uma releitura, mas que transcende esta noção a partir do momento que propõe humildemente ressignificar uma obra de tamanha importância.

Am_Par_Sis é um trabalho metalinguístico, ao mesmo tempo que metassensorial. O sentidor mineiro resolve sentir este disco e usar esta experiência como seu objeto de estudo. Ele nos faz experimentar as sensações que teve ao descobrir o trabalho de Tom e isto provoca sucessivas explosões em João (onze explosões, para ser mais exato). É como se o álbum fosse uma tentativa de significar esta importância, criando composições amplas, cheias de informação e com experimentações de timbres inusitados.

Desta forma, cada música contém trechos de Passarim, mas também trechos de João Carvalho que imprime sua marca e percepção nos infinitos elementos que compõem cada paisagem caótica e bela. É difícil compreender individualmente cada faixa, afinal, seria como tentar interromper e categorizar nosso fluxo de pensamento separado do conjunto. Aqui as coisas só fazem sentido ouvidas de uma vez só.

É interessante que o disco gera uma reflexão sobre a questão da elitização da música brasileira. Geralmente colocado em um pedestal intocável e longe do alcance do popular, esta música vista com erudição raramente abre espaço para intervenções. Portanto, ao destruir, reconstruir, resignificar e redefinir a obra de Tom Jobim, João não produz apenas um disco fantástico, mas um ato político. Quase como se Am_Par_Sis fosse seu refúgio, mas sua arma de força maior com a qual enfrenta o mundo externo e desbravo o interno.

Mais um exemplo soberbo da natureza insaciável de João Carvalho.

(Am_Par_Sis em uma faixa: Passarim)

Bom para quem ouve: Microstoria , Dedekind Cut , Arca

Artista: Sentidor

Marcadores: Glitch Music, Ambient Music, Experimental