Tricky - ununiform

Tricky - ununiform
  • Ano: 2017
  • Selo: False Idols
  • Produção: Tricky, BeatsBySmo, Levan Avazashvilli, Vasiliy Mikhaylovich Vakulenko
  • # Faixas: 13
  • Estilos: Trip Hop
  • Duração: 41:23
BBBaa

Tricky esteve presente na fundação de um modo de pensar a música, lá nos idos dos anos 1990, que configura uma boa parte do que hoje podemos entender por música britânica. De um lado, o Trip Hop, um Hip Hop com cara de lounge feito sob uma atmosfera esfumaçada e, de outro, o Grime, o Rap aliado à música eletrônica Garage e Jungle, da qual derivam o Dubstep e o Trap. Ao pensar Tricky, pense em Massive Attack, ou Skepta, e teremos uma boa ideia das forças que atuam na construção deste cenário.

Tricky, aliás, foi integrante dopróprio Massive Attack, mas enveredou pela carreira solo ao lançar seu álbum de estreia Maxinquaye, ainda em 1995. De lá para cá, não parou mais, e este ununiform que agora chega até nós é o 13º de sua discografia. O álbum obedece aos princípios estabelecidos pelos seus antecessores, exibindo uma produção rudimentar, um modo quase ingênuo de pensá-la, e uma aura noturna, esquiva, que forma a marca registrada do artista. Outra fórmula que permanece é a da presença dos convidados. Tricky é um excelente anfitrião, um mestre de cerimônia às avessas que, ao dar a palavra aos convidados, mede seus esforços organizando expressões distintas dentro do mesmo álbum.

Entretanto, se antes o olhar espontâneo ditava o modo de produzir de Tricky, descobrindo, durante a ação, novos modos de agir e manifestar impossibilidades, ununiform parece obedecer a um método, percorrendo uma estrada já desgastada da produção, explorando vertentes musicais já estabelecidas e consagradas. Tricky atravessou uma geração e agora se retroalimenta dos artistas mais novos para fazer o que faz. ununiform apresenta traços de The xx e Nick Murphy, como se estes estivessem atuando nos anos 90.

Ou seja, ununiform joga em casa, dentro um território já conhecido, o que deve agradar aos fãs mais obstinados. O álbum não oferece a mesma desenvoltura que os trabalhos mais antigos do artista, mas exibe uma força que pulsa atravessando as gerações musicais que Tricky ajudou a fundar.

(ununiform em uma música: Blood Of My Blood)

Bom para quem ouve: Nick Murphy , Massive Attack , The xx

Artista: Tricky

Marcadores: Trip Hop