Wu-Tang Clan - The Saga Continues

Wu-Tang Clan - The Saga Continues
  • Ano: 2017
  • Selo: eOne
  • Produção: Mathematics
  • # Faixas: 17
  • Estilos: Hip Hop
  • Duração: 51:00
BBBba

Wu-Tang Clan vive uma década conturbada: com dois discos extremamente perturbados lançados no período, o lamentável A Better Tomorrow (2014) e o álbum mais caro já vendido na história, Once Upon a Time in Shaolin, comprado pelo polêmico milionário Martin Shkreli, o seminal grupo de Hip Hop parece viver à margem de sua própria história. Enquanto seus membros lançam trabalhos elogiados, principalmente a fase solo corrente de Ghostface Killah - com o elaborado Twelve Reasons to Die, a parceria com Badbadnotgood e uma nova faixa que denota novos caminhos -, a música alcançada enquanto um dos grupos mais importantes da história está deixando a desejar.

De forma surpreendente, um novo disco surgiu e parece trazer um pouco do espírito de outrora, mesmo que carregado de defeitos. Um deles está no excesso de músicas: Com uma duração de 51 minutos, 17 faixas se enfrentam em um espaço que poderia ser muito mais conciso - a atmosfera mais escura e misteriosa que carrega o disco o torna uníssono, o que pode tirar a atenção de grande parte dos ouvintes. No entanto, os fãs da era de ouro do Hip Hop dos anos 1990 podem sorrir. RZA, Ghostface Killah, Method Man e Redman estão em grande estilo aqui e trazem a colérica energia que o grupo sempre trouxe.

Isso pode ser atribuído à participação fundamental de Mathematics, produtor e DJ do coletivo Wu-Tang Clan que toma conta de The Saga Continues, carregado de samples de seriados e desenhosos animados, assim como as costumeiras batidas originadas a partir do Funk, Soul e Jazz norte-americano, que trazem essa cara mais clássica ao disco. Faixas como Why Why Why, G'd up e If Times is Money em suíngue e andamentos saudosistas agradáveis, deixando a sensação de que, por algum momento, podemos voltar à década de 1990.

Sob uma ótica de avanços, The Saga Continues se propõe ao que seu título afirma: continuar o legado do lendário grupo e dar alguns passos voltados ao passado para poder continuar relevante coletivamente. Para o fã de Wu-Tang Clan, temos um prato cheio de batidas e rimas afiadas com a costumeira agressividade e pouca simpatia da companhia - mesmo para quem desconhece a sua história, temos também um ponto de partida para entender o significa o "clã", mesmo que Enter the Wu-Tang (1993) seja sempre a porta fundamental.

Justificar a solução como um simples olhar para o futuro tampouco é a solução - o fiasco de A Better Tomorrow vem justamente por não saber fazer isso corretamente, mesmo que tentando. A verdade é que The Saga Continues funciona justamente por não ser um álbum de estúdio como os anteriores, mas uma coleção de rimas e versos perdidos ao longo de sua história, transformados em disco magistralmente por Mathematics. Talvez, por enquanto, seja melhor deixar a inovação e vanguarda surgirem nos trabalhos individuais de seus membros.

(The Saga Continues em uma música: Why Why Why)

Bom para quem ouve: A Tribe Called Quest , De La Soul , Ghostface Killah

Artista: Wu-Tang Clan

Marcadores: Hip Hop