Brockhampton - Saturation III

Brockhampton - Saturation III
  • Ano: 2017
  • Selo: Question Everything
  • Produção: Brockhampton
  • # Faixas: 15
  • Estilos: Rap, Hip Hop
  • Duração: 46:17
BBBBb

Em alguns poucos dias, as primeiras pessoas nascidas a partir do ano 2000 chegarão à maioridade, o que significa que uma nova geração já se estabeleceu. Na música, os sintomas dessa mudança começam a vingar, com jovens músicos incorporando como naturais mudanças que custaram a acontecer no milênio passado. Brockhampton, o coletivo estadunidense de Rap é um excelente exemplo disso: não apenas os temas de suas músicas falam em ressonância com a contemporaneidade, mas o modo de fazê-la está articulado com uma lógica do lado de cá do milênio.

Já falamos dele por aqui, mas vai um resumo: Brockhampton é um coletivo de mais ou menos 15 pessoas que incorpora na sua lista de integrantes não apenas os artistas à frente do projeto, mas todo o pessoal responsável por fazer a coisa acontecer, de produtores a consultores jurídicos. Os membros se conheceram online, em um fórum de fãs de Kanye West e, liderados por Kevin Abstract, mudaram-se juntos para a mesma casa no interior do Texas.

O eixo central é o Rap, e fica difícil pensar em qualquer outro rótulo para o grupo, mas os caras preferem ser chamados de Boy Band: é uma brincadeira, mas que chama a atenção para uma mudança de lógica que tem tudo a ver com seus integrantes. Por que não questionar a hegemonia branca das boy bands? Por que não trazer o universo gay às letras do Hip Hop? Por que não pensar o Rap como uma intersecção de outro estilos, e, principalmente, por que não entendê-lo como Pop?

Saturation (“saturação”) foi o projeto do coletivo neste ano. Título de seus três álbuns lançados, Brockhampton preferiu pecar pelo excesso e chamar a atenção do público com a quantidade de material lançado, a quantidade de integrantes nas faixas a quantidade de elementos musicais na produção. Funcionou: este Saturation III é a epítome da hiperatividade do grupo.

Tomemos BOOGIE - todas os títulos, é claro, escritas com maiúsculas - como exemplo: altiva e dançante, explosiva e envolvente. A impressão que se tem é a de cada integrante força o outro, mantendo um clima de cumplicidade, segurança, mas nunca de preguiça. As influências são claras, sendo o coletivo Odd Future, naquela formação que conhecemos lá no começo da década, a mais evidente. Ou seja, aparecem aqui e ali traços de Tyler, The Creator, Frank Ocean e Steve Lacy. Além destes temos, é claro, Kanye West, além de um senso Pop mais generalizado. O que faz a música de Brockhampton soar distinta, no entanto, é justamente a intersecção natural de influências.

Saturation III difere de seus antecessores por soar mais dinâmico, apresentando uma divisão mais democrática de espaço entre os rappers, no entanto, encaixa-se muito bem na triologia de álbuns lançada este ano, engrossando o caldo de Brockhampton como um dos coletivos mais proeminentes do Rap contemporâneo.

(Saturation III em uma música: BOOGIE)

Bom para quem ouve: Aminé , A$AP Twelvyy , Tyler, The Creator

Artista: Brockhampton

Marcadores: Hip Hop, Rap