Estúdio Margem

L_cio e Massumi - Contaminasssão

L_cio e Massumi - Contaminasssão
BBBBa

Os alunos que participaram de um workshop de produção musical com o L_cio passaram uns bons anos curiosos. O motivo foi uma faixa que o produtor elaborou coletivamente. Ele explicou cada passo da criação das primeiras bases no Ableton. E deixou no ar: a track seria lançada em breve. Isso rolou em 2015, mas foi só agora, no começo deste ano, que o multi-instrumentista lançou a faixa devidamente lapidada. Quem cola nos rolês da Mamba Negra, Capslock e afins, já estava ouvindo nas pistas. Intitulado Contaminasssão, em homenagem ao workshop feito pela Rádio Vírusss, o EP traz duas faixas e um remix feito pela chilena Valesuchi. Valeu a pena esperar.

A faixa que batiza o trabalho, Contaminasssão, fisga pela melodia dançante, rica em acordes etéreos. É Techno, mas com uma melodia quase apoteótica, de uma beleza capaz de despertar os sentimentos. Provavelmente, o que faz bater essa brisa boa são notas do violoncello, que saem pródigas pelas mãos de outro multi-instrumentista, o Filipe Massumi. Violoncelista, ele é compositor e diretor musical. Iniciou seus estudos com Suzana Kato (BR), tendo passado também pelo Leed’s College of Music sob orientação de George Keanway (UK). Foi diretor do Teatro Oficina e assina participações com músicos do quilate de Celso Sim, Mateus Aleluia, Céu e muitos outros. Esta é a estreia dele no Eletrônico.

O tempo dá uma fechada e tudo fica mais soturno em Dafon, que parece transitar numa espécie de transe deliciosamente em looping. E desemboca nuns beats intergaláticos, que fazem a faixa soar mais quente, numa progressão de temperatura. É daquelas tracks que merece o horário nobre de qualquer pista.

A chilena Valesuchi assina o remix de Contaminasssão empregando ares mais noise, ruídos e doses certas de graves.

Artistas: Filipe Massumi, L_cio, Valeshuchi

Marcadores: Resenha