Albert Hammond Jr. - Francis Trouble

Albert Hammond Jr. - Francis Trouble
  • Ano: 2018
  • Selo: Red Bull Records
  • # Faixas: 10
  • Estilos: Indie Rock
  • Duração: 35
BBBaa

Drogas, experiências de quase morte, esquecimento e solidão. É bem comum artistas passarem por essas vivências e sensações durante a carreira, e também é bem comum nós direcionarmos nossa atenção apenas para o lado musical, deixando a vida pessoal de lado. A inspiração para Albert Hammond Jr., guitarrista do grupo The Strokes, compor e lançar o álbum Francis Trouble foi mais improvável do que uma experiência puramente artística.

Em 1979, sua mãe passou por um aborto de seu irmão gêmeo Francis, enquanto, na época, Hammond Jr. ainda continuava a crescer e respirar no útero. Em entrevistas, ele disse que quis explorar essa conexão simbólica com o irmão que nunca conheceu por meio de um "alter-ego", como uma "forma de fugir de si mesmo para encontrar a si mesmo". Refletindo sobre a história familiar e o seu novo lançamento, Hammond Jr. parece estar passando por um tipo de renascimento criativo.

Ao contrário do disco Momentary Master (2015), o campo das composições está mais maduro e alinhado, apesar de ter uma pegada simples e suficientemente pegajosa. Quando você ouve pela primeira vez, talvez não sinta a dimensão e profundidade necessária do que ele quis dizer. Por exemplo, Rocky's Late Night tocaria fácilmente em qualquer baladinha Indie, enquanto a letra reforça várias vezes que Hammond Jr. tem um vazio e já não é mais o mesmo ("Oh, I'm not the same as I was before/There is an emptiness that I cannot describe"). Em Strangers e Far Away Truths, ele parece nos levar para outra década, saindo claramente de sua zona de conforto. Muted Beatings, tem riffs "delicados" mas ao mesmo tempo te mantém com a energia lá em cima.

Como um todo, Francis Trouble funciona. É claro que Hammond Jr. se preocupa muito com o lado "guitarrístico" - riffs limpos, bem pensados e pegajosos, mas desta vez, ele também se dedicou às composições. O álbum vai muito além da curiosidade clichê: "ele ainda está fazendo The Strokes ou conseguiu cortar o umbigo umbilical com grupo?" Aqui, Hammond Jr. alcançou um nível alto de sinceridade e complexidade, uma segunda chance.

(Francis Trouble em uma música: ScreaMER)

Bom para quem ouve: The Libertines , The Strokes , The Last Shadow Puppets

Artista: Albert Hammond Jr.

Marcadores: Indie Rock