Guided By Voices - Space Gun

Guided By Voices - Space Gun
  • Ano: 2018
  • Selo: Guided By Voices, Inc.
  • Produção: Guided By Voices
  • # Faixas: 15
  • Estilos: Indie Rock, Rock Alternativo
  • Duração: 38:54
BBBba

Ao lado de Pixies e Nirvana, o grupo norte-americano Guided By Voices é uma referência importantíssima e inquestionável dentro do Rock Alternativo do fim do século 20. Com uma marca impressionante de mais de vinte discos, além de demos, bootlegs e EPs, a banda captou em sua sonoridade a ríspida e fugaz juventude dos anos 1980/90, com guitarras estridentes e uma atitude que desafiaria qualquer um que dissesse que o Rock teria morrido nesta respectiva década.

Mas, como qualquer conjunto que lança quase dois discos por ano, há um desafio constante de renovação, evitando se limitar a um determinado escopo criativo, principalmente dos estereótipos de “gente velha tentando fazer som de gente nova”. Felizmente, as coisas não parecem caminhar nesse sentido.

Space Gun consegue reunir em um mesmo contexto sentimentos antagônicos, mas que, ironicamente, funcionam quase que de forma complementar. Aquele zeitgeist Punk e pesado que mistura uma melancolia com aversão continua presente nos riffs ácidos e vocais descompromissados com qualquer técnica vocal. Mas parece que toda essa raiva e repulsa vem como uma ferramenta para auxiliar um sentimento epifânico.

Nesse disco, a grandiosidade do som de Guided By Voices é construída menos como uma rebeldia adolescente e mais como uma sensação enérgica e de mudança. Daí o nome desse trabalho, que diz respeito tanto ao gigantesco tamanho do espaço, como à potência violenta de uma arma, como se ela projetasse lampejos de inspiração em seus ouvintes. Dessa forma, Space Gun é uma obra que mistura elementos tradicionais da sonoridade do grupo com propósitos diferentes.

A faixa que dá nome ao registro já nos prepara para a magnitude das composições com guitarras crescentes e vocais que funcionam quase como um hino, tamanho o vigor com o qual são cantados. King Flute entoa com seus violões uma balada Pop que nos mexe pelo contraste que faz com a alegria dos acordes e triste das melodias de violinos e flautas; Blink Blank pega timbres oitentistas à la The Cure e os distorce em uma repetitiva estrutura que nos causa tanto a aflição como o desejo de sair disso; Sport Component National é uma montanha russa constante, permeando baladas dos anos 50, gritos do Punk e melodias cativantes do Rock Alternativo; encerrando o trabalho, Evolution Circus é pesada e pegajosa, retomando aspectos Lo-fi do começo da carreira do grupo.

Depois de uma porrada de discos, Guided By Voices consegue nos mostrar que sua importância para o Rock Alternativo vai além da década em que lançou seus primeiros trabalhos. Com uma preocupação nítida de reinvenção, o grupo capricha em Space Gun, um disco que mostra o crescimento pleno sem esquecer seus ideais jovens: um melancólico e efervescente retrato.

(Space Gun em uma faixa: Space Gun)

Bom para quem ouve: Preoccupations , Death Cab for Cutie , Interpol

Artista: Guided by Voices

Marcadores: Rock Alternativo, Indie Rock