Spiritualized - And Nothing Hurt

Spiritualized - And Nothing Hurt
  • Ano: 2018
  • Selo: Fat Possum, Bella Union
  • Produção: Steve Mackey e J. Spaceman
  • # Faixas: 9
  • Estilos: Neo Psicodélico,
  • Duração: 48:09
BBBba

Resumir a obra de Jason Pierce dentro de Spiritualized não é só uma tarefa pífia como impossível. Frequentemente colocada dentro do campo da Psicodelia e Space Rock, o projeto coleciona até o presente momento oito discos de estúdio que são ambiciosos em sua proposta de criar sonoridades grandiosas, seja na quantidade de instrumentos contidos nos arranjos ou nas possibilidades de interpretação que suas músicas nos oferecem.

Aliás, “viagem” é um termo chave na análise dos discos, principalmente quando nos submetemos à audição do disco Ladies and Gentlemen We Are Floating in Space, considerado por muitos o ápice da Psicodelia fora do eixo 1960/70. Agora, com seu oitavo trabalho lançado, o projeto tem a audaciosa missão de propor uma viagem diferente, evitando cair em caminhos comuns que trabalhos anteriores sugeriram.

Parece que essa tarefa foi cumprida com sucesso em And Nothing Hurt, mas de uma maneira diferente do que poderíamos supor. Neste novo trabalho, temos uma lisergia não tão intensa como em outros momentos, o que não significa em nenhum momento que ela é suave. É certamente diferente das explosões de Ladies and Gentleman..., o que de fato se torna o diferencial para sermos hipnotizados para outros caminhos.

Por meio de arranjos que flertam entre Folk Rock, Art Rock e Indie Rock, Spiritualized põe o ouvinte em uma posição de anestesiado, na qual não somos capazes de julgar se estas canções são felizes ou tristes, mas em um lugar onde elas certamente exercem uma força sobre nós. E assim, parte do encanto deste novo disco está justamente nesta ambivalência de humores. Por mais que sejamos direcionados em algum momento a ouvir essas músicas por um viés de algum sentimento, nunca estamos totalmente certos do que elas nos passam e é aí que é construída a Psicodelia desconcertante da banda.

Flutuando em timbres hipnóticos e um ukulele típico do Indie Pop, o disco abre as portas com A Perfect Miracle, uma espécie de canção festiva e, ao mesmo tempo, meio fúnebre. Sintonizando em diferentes frequências, Here It Comes (The Road) Let´s Go é um passeio por uma estrada norte-americana com um balada Folk Rock que vai ganhando proporções maiores à medida que avança. On The Sunshine é estridente em seus timbres e caótica em seu arranjo psicodélico, podendo ser interpretada como confusão como êxtase. The Morning After brinca com camadas e camadas de elementos de diferentes contextos para criar o momento máximo do disco. Por fim, Sail On Through desacelera as coisas em uma suave balada, porém com um arranjo grandioso e vocais poderosos.

Este é um trabalho que continua a provar a força das construções de Spiritualized que, embora diferentes de momentos passados, traz uma percepção interessante tanto para entusiastas da banda quanto da Psicodelia como um todo. Um álbum para se anestesiar.

(And Nothing Hurt em uma faixa: The Morning After)

Bom para quem ouve: British Sea Power , The Flaming Lips , Broken Social Scene

Artista: Spiritualized

Marcadores: Neo Psicodélico, Art Rock, Indie Rock