Três de cada

Giovani Cidreira, Jup do Bairro, Maria Beraldo, niLL e YMA nos contam os álbuns que fizeram suas cabeças em 2019

1,251 total views, no views today

Pássaros na garganta

Do Pantanal à Vanguarda Paulista, Tetê Espíndola é uma voz experimental única. Para o Monkeybuzz, ela revisitou sua ampla discografia

1,137 total views, no views today

Angel Olsen – All Mirrors

“All Mirrors” orbita entre nossos medos e nossa capacidade de nos entregarmos a relacionamentos profundos

461 total views, no views today

Pet Shop Boys – Introspective

O terceiro disco é o suprassumo da estética do duo inglês

480 total views, no views today

Pet Shop Boys – Behaviour

Guinada à melancolia assusta os fãs da banda, mas garante ao álbum um espaço no hall dos mais belos da década de 1990

295 total views, 1 views today

Entrevista

Filipe Massumi e o futuro

Girando por entre os universos da música eletrônica e da MPB, o violoncelista Filipe Massumi finalmente está produzindo seu primeiro disco e revela tudo sobre o processo ao Monkeybuzz

863 total views, no views today

Entrevista

Forçando o verão

Céu chega a seu quinto disco e fala com o Monkeybuzz sobre o processo de “Tropix” até aqui: o filho, as polêmicas e, sempre, a música

552 total views, no views today

Entrevista

Há léguas a nos separar

Não espere por Bossa Nova no primeiro disco solo de Maria Luiza Jobim – seu debut promete uma miscelânea de gêneros musicais e um mergulho vívido em suas memórias

682 total views, no views today

Entrevista

Irrefutável vermelhidão

Envolto na simbologia do vermelho, o paraense Reiner prova que os ritmos tradicionais do seu estado não resumem o seu trabalho. O que pauta sua música é a busca pela liberdade

535 total views, no views today

Entrevista

Laurie Anderson – Strange Angels

O disco mais Pop da multi-artista norte-americana tem a mesma contundência de seus trabalhos mais conceituais e é, por isso, uma boa porta de entrada para o seu conturbado universo

472 total views, no views today

Entrevista

Laurie Anderson – Bright Red

Com “Bright Red”, Anderson dá entrada nos anos 1990 prevendo a atmosfera sombria da década com um disco que vê na tecnologia um agente transformador das nossas relações e dos nossos medos

367 total views, no views today

Artigo

Nesta pista de dança

A noite também fala português? Aqui, uma revisão da queda e ascensão do remix na música popular brasileira

1,447 total views, no views today

Newsletter
Contato
Equipe
Trabalhe conosco
Sobre