Cinco Músicas Imperdíveis no Show de Vampire Weekend

Performance do quarteto no Lollapalooza será muito celebrada por fãs ansiosos

2,617 total views, 1 views today

Vampire Weekend é aquela banda que as pessoas ou mal conhecem, ou estão se mordendo de ansiedade pra que chegue logo as 16:30 do domingo, 6 de abril, para ver o que o quarteto vai tocar no Palco Ônix do Lollapalooza Brasil 2014.

E todo esse pessoal tem suas favoritas, aquelas músicas que você fica na torcida e só sossega depois que a banda toca – como Hannah Hunt, Holiday e Worship You. Selecionamos outras cinco delas que, se não são necessariamente as mais antecipadas, farão todo mundo comemorar muito a vinda do grupo ao evento.

Diane Young

O principal single do mais recente álbum da banda, Modern Vampires of the City é também uma das músicas mais contagiantes lançadas em 2013. Com sua progressão errática e ausência de um refrão propriamente dito, a canção pode ser curtinha na duração, mas consegue fazer uma festa alucinante em menos de três minutos.

Ya Hey

Esta pode não ter sido a faixa que mais ajudou a promover esse último álbum, mas foi uma das que mais se destacaram ali no repertório – e não poderia ser diferente. Ela possui aquela característica muito boa da banda de fazer músicas que ficam em um meio termo entre o empolgante e mais sossegado. É como se houvesse uma tensão natural na composição que te fizesse esperar por uma surpresa a qualquer instante e, mesmo se ela não vir, você já está satisfeito.

White Sky

Uma faixa que apareceu em Contra (2010) e integrou o repertório da banda para sempre (assim esperamos), essa também é das que ficam na linha tênue entre o que é farra e o que é só um bom som para ser curtido na tarde do festival. Na dúvida, apenas entre no clima.

Unbelievers

A segunda música de Modern Vampires of the City é agitadinha na medida certa, daquelas que te fazem querer cantar junto enquanto dança, principalmente quando o tom sobe no refrão. Repare e prepare-se.

Cousins

Não adianta, essa continua como uma das músicas mais empolgantes não só da carreira do grupo, mas dos últimos anos no geral. Ela também apareceu em Contra e ela pega toda essa história de meio termo que eu citei em outras faixas e chuta ela pra bem longe. A palavra aqui é festa mesmo, no melhor dos sentidos. Nada mais apropriado para o Lollapalooza.

2,618 total views, 2 views today

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.