Jack White: Cara do Rock

Maior nome na programação do festival dificilmente poderia ser outro

1,558 total views, no views today

28 de março | 21h15 – 23h | Palco Skol

Já reparou como o povo insiste em dizer que o Rock é isso ou aquilo, ou que não é tal coisa ou de tal jeito? Pois há ainda quem observe que sua natureza é ser múltipla, tanto quanto é ser ativa – e sempre que teimam enterrar o estilo, ele prova sua imortalidade mais uma vez.

Não só o tempo coroou Jack White como um dos grandes nomes do gênero na última década e meia. Seu invejável currículo traz não só uma, nem duas, mas três bandas de destaque, uma carreira respeitável de produtor, o comando de um selo relevante para o meio e pelo menos um hino absoluto para entrar na história. Quer mais? Sua recente carreira solo possui dois aclamados discos.

Sim. Ele é o cara.

Sua vinda ao Lollapalooza Brasil 2015 não poderia ser mais certeira. Seu show tem sido considerado por diversos veículos como um dos melhores da atualidade, até porque ele passeia por momentos diversos de sua carreira, matando as saudades de The White Stripes e The Raconteurs, além de, obviamente, apresentar suas músicas mais recentes.

Parte também da força de sua performance vem de uma excelente banda de apoio – é claro que um dos homens mais poderosos do Rock teria os músicos mais nobres ao seu dispor. E se antes sua excentricidade fazia White tocar com uma banda só de homens e outra só de mulheres (as quais ele alternava aleatoriamente), os brasileiros verão uma combinação dos dois grupos escolhida a dedo para a turnê de Lazaretto.

No palco, está prometida uma apresentação cheia de energia, com hits para serem entoados pela multidão e alguns momentos de piração musical com os riffs na dinâmica da banda no palco. É música pra dançar mexendo o cabelo e pulando, ou pra ficar olhando em deslumbre, encantado com a maneira que o som de hoje dialoga com o passado, sempre com surpresas.

Isso, companheiros, é a cara do Rock. Isso é (e sempre foi) Jack White.

Lolla

1,559 total views, 1 views today

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.