Paulo Tessuto – Second Hand Food

Criador da Capslock estreia no MEMNTGN com participações de L_cio e Shadow Movement

914 total views, 1 views today

Mais de uma década como DJ fez Paulo Tessuto virar um especialista em agitar a pista por horas a fio. De alma punk, ocupou espaços públicos sem autorização para fazer festas. Adora fugir das regras, prefere se vestir de mulher e se montar quando toca nas Carlos Capslock. Apertar o play do EP Second Hand Food, seu primeiro trabalho no selo MEMNTGN, é mergulhar nesse universo de contracultura.

O quinto lançamento do selo, criado em parceria com o amigo L_cio, traz duas faixas autorais e dois remixes classudos. Second Hand Food inicia embalada por sinos e batidas soturnas, que soam numa progressão minimalista perturbadora, etérea, oscilando entre o Techno e Acid. Mas incrivelmente sensual.

Na sequência, Wash & Eat soa perfeita para encerrar um set e baixar a brisa de leve, sintetizadores e batidas orgânicas são misturadas de forma suave. Um dos remixes de Wash & Eat é do Shadow Movement, que acrescentou uma atmosfera ainda mais viajante e intergalática, sem perder a delicadeza da música original. A outra versão da faixa ficou nas mãos de L_cio, arrematada com uso da flauta, que encorpou a melodia e deu um caráter fortemente sensorial.

Um rolê de dois meses em Berlim, no qual tocou em vários clube locais, como o Renate, foi o sopro criativo que levou à produção das músicas. Tudo rolou muito rápido, como contou Paulo Tessuto ao Monkeybuzz, em poucos dias as faixas ficaram prontas. Mas quietinhas por um bom tempo. Isso foi em 2015.

Desde o ano passado, Tessuto resolveu botar para fora uma série de faixas autorais. O nome, “comida de segunda mão”, parte de uma reflexão do artista nos rolês pelas ruas: o sistema capitalista atual é tão cruel e segregador, a ponto de nas grandes cidades ter uma legião de pessoas alimentadas por comida encontrada nos lixos. Eis a “comida de segunda mão”.

915 total views, 2 views today

Autor: