Roteiro: Planeta Terra 2012

Não se perca no fim de semana: Confira nossas dicas para você aproveitar ao máximo as atrações do festival

 2,064 total views

O Planeta Terra se aproxima e, em meio a tantas atrações, é normal se sentir meio perdido e não saber para que lado ir ou a que shows assistir. Por isso, criamos um pequeno roteiro para você tentar aproveitar ao máximo a maioria das atrações do festival.

Nossa primeira dica: chegue cedo. Há sempre bons motivos para se estar lá à abertura dos portões – além dos shows obviamente. Nesse horário, as filas são menores e você pode também ir se habituando à nova casa do festival (veja o mapa abaixo). Reconheça o local onde vai passar suas próximas horas e experimente ver em quanto tempo consegue atravessar o espaço do Jockey Club, por que, possivelmente, você terá de correr de um lado para o outro o dia todo.

Outra dica: faça escolhas. Com tantas atrações boas que coincidem você terá que dar preferência a perder o fim de uma ou começo de outra. É difícil, eu sei, mas durante o dia você terá tomar essas decisões e alguns fatores que podem influenciar na sua tomada decisão é o tempo que espera pra ver tal banda ou sua afeição por alguma delas. Então seja forte e faça sua escolha da melhor maneira possível.

13:00 – Far from Alaska (Claro Indie Stage)

A ainda desconhecida banda de Natal tem a missão de abrir o festival e mostrar ao público seu som, que não só convenceu muitos votantes como o júri do concurso que os levou para os palcos do Planeta Terra. Com apenas alguns meses de existência, o grupo não demonstra sinais de inexperiência e esse pode ser uma das maiores surpresas do festival, portanto, chegue cedo!

13:50 – Madrid (Claro Indie Stage)

A dupla Mariana Vello (ex-Bonde do Rolê) e Adriano Cintra (ex-CSS) quer deixar todo seu passado eletrônico, escrachado e efusivo de lado, fazendo uma música sólida e bem trabalhada que inaugura uma nova fase de suas carreiras. A qualidade desse novo trabalho mostra-se muito maior que qualquer hype de suas bandas antigas. Então, se prepare ver um duo renovado nos palcos do festival.

15h15 – Mallu Magalhães (Sonora Main Stage)

Mallu, que já se apresentou no festival em 2008, deixou aquele seu lado infantil para trás e, quatro anos mais tarde, volta a subir ao mesmo palco como uma mulher. Se o Folk americano era sua maior inspiração, agora ela volta com uma serie de influências brasileiras, que podem ser vistas em seu mais recente lançamento, Pitanga (2011). Com um repertorio renovado e uma confiança maior em seu trabalho, a moça vai esbanjar brasilidade e suingue em sua segunda apresentação no Planeta Terra.

16h15 – Little Boots (Claro Indie Stage)

Victoria Christina Hesketh é o nome por trás desse projeto de Synthpop que vem agitando muitas baladas por aí e agora, em sua primeira passagem pelo país, a moça promete botar todo mundo pra dançar ao som de suas composições, que usam muito bem os sintetizadores e variados elementos eletrônicos. A boa notícia para os fãs do projeto é que, às portas, de lançar um novo disco, pode ser que ele apresente algumas novidades para nós.

16h45 – Best Coast (Sonora Main Stage)

Prepare seus óculos de sol e o filtro solar que o duo californiano está chegando com seu Surf Rock sujinho e ensolarado para animar o seu meio de tarde. Se prepare também para uma nostalgia Pop que remete aos anos 60 em músicas animadas e despretensiosas que contam as historias de amor (que nem sempre deram certo) de Bethany Cosentino.

17h45 – The Maccabees (Claro Indie Stage)

O quinteto inglês aterrissa pela primeira vez em solos brasileiros e traz em sua bagagem três bons discos e alguns ótimos singles que vão embalar o fim de tarde no maior clima de Indie Rock. Orlando Weeks e companhia disseram em uma recente entrevista que vão “recompensar” o público brasileiro pelo tempo que demoraram em dar as caras por aqui, tocando alguns sucessos dos seus primeiros discos, além dos hits de seu mais novo álbum.

18h30 – Suede (Sonora Main Stage)

Essa é uma das bandas que ajudou a definir o Britpop como sonoridade dominante nos anos 90. Então, se você ainda não a conhece, saiba essa é uma chance (talvez única) de ver ao vivo parte da história da música contemporânea. Se prepare para ver um dos shows históricos dessa edição do Planeta Terra.

20h15 – Garbage (Sonora Main Stage)

Talvez, este seja um dos shows mais épicos que passará por essa edição do festival. Não somente pelos quase 20 anos de espera, mas também pela nova fase da banda, que se encontrava em um hiato de mais de 10 anos. Shirley Manson, Butch Vig e companhia prometem, além de músicas do novo álbum lançado nesse ano, alguns antigos hits que vem embalando muita gente por quase duas décadas.

20h45 – The Drums (Claro Indie Stage)

Mais um pouco de Surf Rock com os garotos do The Drums. A banda, que passou há pouco tempo pelo país, ainda não havia lançado seu novo disco, então preparem-se para ver as músicas de Portamento ecoando em alto e bom som pelas caixas de som do Jockey Club. Com um show frenético e dançante, essa promete ser uma das atrações mais dançantes da noite.

22h00 – Kings of Leon (Sonora Main Stage)

Quem fecha a noite é uma das bandas mais conhecidas e mais faladas dos últimos oito anos. A banda, que atravessava alguns momentos difíceis em sua carreira, apareceu na mídia mais por questões pessoais do que por suas músicas, mas ainda assim esse pode ser um daqueles shows surpreendentes que vai arrancar aplausos até do fã mais enrustido que insiste em dizer que “eles eram melhores no começo”.

 2,065 total views

MARCADORES: Planeta Terra 2012

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts