Seis Grandes Anos e Dez Grandes Músicas da Carreira de Pharrell Williams

Apresentação do músico promete juntar grandes hits de seus vinte anos de carreira

4,437 total views, no views today

29 de março | 20:15 – 22:00 | Palco Skol

Pharrell é um dos produtores mais procurados, respeitados e de maior sucesso da música Pop das últimas duas décadas. Mesmo assim, por seu sucesso estar normalmente nos “bastidores” e recentemente o músico ter despontado para um nova geração como protagonista, muitos parecem acreditar – ou apenas gostam de fazer a piada – que sua carreira se resume ao sucesso insuperável de Happy no ano passado.

Nossa lista de aquecimento e também estes dois artigos que já escrevemos sobre o músico te ajudarão a se preparar para a apresentação que promete ser muito divertida no Lollapalooza Brasil 215. Leia A Ascenção de Pharrell: Produções de Sucesso e Participações nada Coadjuvantes e Pharrell Vai Dominar o Mundo?.

2001: Rock Star e Lapdance (N.E.R.D.)

N.E.R.D. era a banda formada por Pharrell, Chad Hugo e Shay Haley, derivada do projeto The Neptunes, responsável por produzir alguns grandes álbuns e hits, como I’m a Slave 4 U, de Britney Spears. 2001 foi o ano do primeiro lançamento do grupo, o álbum *In Search of…”, que depois seria regravado e lançado novamente no mundo todo no ano seguinte.

As faixas Rock Star e Lapdance, que costumam estar presentes nas apresentações recentes de Pharrell, demonstram bem as propostas do grupo, seguindo a linha do que vinham produzindo e ainda acrescentando mais corpo com a ajuda da banda Spymob, convidada para regravar o disco.

2003: Beautiful (Snoop Dogg)

Pra quem acha que Happy foi a primeira música de Pharrell a infestar todos os comerciais, rádios e festas pelo mundo, é por que não viveu no tempo em que Beautiful, faixa do rapper Snoop Dogg produzida por The Neptunes e com participação de Pharrell estava em seu auge. Se não bastasse ser uma das canções mais tocadas do mundo, no Brasil, o sucesso foi ainda maior, já que o país foi escolhido como cenário do famoso clipe.

2004: Drop It Like It’s Hot (Snoop Dogg)

Mais uma parceria de Snoop Dogg e Pharrell, desta vez com a faixa que foi eleita pela Billboard como a mais importante da década no Hip Hop. Outra que não saiu das paradas por um bom tempo.

2005: Hollaback Girl (Gwen Stefani)

Clássico Pop com C maiúsculo, Hollaback Girl, de Gwen Stefani, foi co-escrita por Pharrell, num estágio de sua carreira em que já estava bem conhecido como uma das apostas mais certeiras da música, em que tudo o que tocava se tornava um grande sucesso. Mais uma que quem viveu, não deve se esquecer de assistir o clipe – versões com e sem palavrões – e ouvir a música em um de seus primeiros iPods inúmeras vezes.

2013: Get Lucky (Daft Punk), Lose Yourself To Dance (Daft Punk) e Blurred Lines (Robin Thicke)

Pharrell continuou produtivo todo este tempo, mas foi com suas participações nos sucessos de Daft Punk e Robin Thicke que seu nome voltou aos holofotes de maneira até maior do que antes. Este novo período de sucesso estrondoso ajudou a formar a percepção errônea das pessoas de que Pharrell é um artista novo e colaborou com as piadinhas de que ele não teria nada além de Happy para tocar no Lollapalooza. Três dos maiores hits do ano, dois deles disputando fortemente a batalha para maiores hits da década são uma boa resposta a este pensamento.

2014: Come Get It Bae e Marilyn Monroe

O ano passado foi a vez de Pharrell lançar seu segundo álbum solo, Girl. O primeiro foi In My Mind, de 2006, que não fez tanto sucesso quanto os demais trabalhos do músico, motivo que talvez justifique a ausência de qualquer canção deste álbum em suas apresentações recentes.

Este foi o mesmo ano em que tornou-se jurado do programa de televisão The Voice, o que ajudou a alavancar sua fama. Além do hit Happy, que dispensa apresentações, o álbum também conta com as ótimas Come Get It Bae e Marilyn Monroe, que tem feito grande sucesso, além de outras que estarão presentes na apresentação, que obviamente será focada em seu mais recente disco.

lolla

4,438 total views, no views today

Autor:

Nerd de música e fundador do Monkeybuzz.