The Maccabees faz show saudosista no Planeta Terra

A primeira passagem da banda pelo país foi um desfile de antigos hits e muita animação em um show que enfatizou os primeiros lançamentos do quinteto

1,553 total views, no views today

Fotos: Indie da Deprê

Diferente das outras apresentações que vimos no Planeta Terra Festival, The Maccabees – uma de nossas apostas de 2012 – tinha sobre os ombros comprovar o porquê do quinteto inglês integrar aquela lista. Logo no começo do ano, a banda já mostrou alguns motivos com o excelente Given To Wild e agora só nos restava ver como o grupo transportaria a vibe bem trabalhada e expansiva desse disco para os palcos. Em um show incrível, Orlando Weeks e companhia confirmaram nossas apostas em um dos melhores shows do festival.

Como em grande parte das apresentações dos ingleses nos últimos meses, a abertura ficou por conta de Child, música do mais recente disco da banda, que curiosamente apareceu com menor frequência no set do grupo, que deu maior ênfase na sua fase Indie Rock super animada de seus dois primeiros álbuns, que deram o clima do show.

A sequência veio com duas músicas de Wall of Arms (2009): a faixa-título e William Powers já mostravam um pouco da apresentação “saudosista” que o grupo faria. Foi quase como se a banda voltasse para aquele ano em show enérgico e (muito mais) roqueiro do que hoje em dia. De certa forma, foi um presente para os fãs mais antigos que esperavam ver canções daqueles trabalhos.

Esse era um show de fim de turnê e, onde deveria haver cansaço, havia animação de sobra. Grande parte dela se via na cara do guitarrista cabeludo Felix White que demonstrava sua felicidade de tocar no país quando interagia com o público ou com seus solos explosivos. Orlando, mais contido, agradecia e dizia que era muito bom para a banda estar tocando aqui pela primeira vez e que, depois dessa experiência, pretendia voltar em breve para mais algumas apresentações. O vocalista ainda arriscava algumas palavras em português, mas logo desistiu da “colinha” que levara ao palco e passou a se comunicar somente em inglês, mas o frequente “muito obrigado”, dito em português, ainda aparecia vez ou outra.

Os momentos mais contemplativos vinham em músicas de Given To Wild, que demonstram um contraste muito grande quando tocadas na sequência de faixas de trabalhos anteriores. Go e Heave tiveram o papel de acalmar o público entre os momentos mais animados. Já Feel to Follow e Pelican seguiram a mesma linha do resto do show e o encerramento com a segunda foi um dos momentos mais memoráveis da passagem do quinteto pelos palcos do Planeta Terra.

First Love, Precious Time e X-Ray tornaram o show ainda mais saudosista para alguns, o Indie Rock com pitadas do Britpop, que dominou o começo da carreira da banda, se fez presente com hits resgatados do disco de 2007 (Colour It In) e arrancou alguns gritos e palmas logo ao som dos primeiros acordes – isso vale também para grande parte dos sucessos de Wall of Arms.

Com a sensação de dever cumprido, a banda deixou o palco ao som dos aplausos e gritos que vinham da plateia, equanto nós tinhamos a sensação de uma aposta muito bem feita.

Crédito da foto: Indie da Deprê

1,554 total views, 1 views today

ARTISTA: The Maccabees
MARCADORES: Planeta Terra 2012

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts