Três Anos Depois, Foster the People Continua Imperdível

Mesmo em outro momento da carreira, trio ainda capricha no Pop dançante e com conteúdo

1,768 total views, no views today

29 de março | 17h35-18h50 | Palco Skol

Muita coisa mudou para Foster the People desde que veio para o primeiro Lollapalooza Brasil em 2012, quando fez um dos melhores shows do festival. Na época, seu álbum de estreia (Torches) tinha menos de um ano de vida e, mesmo assim, sua moral não poderia estar mais alta por conta do hit Pumped Up Kicks, uma das músicas mais tocadas em seu ano de lançamento. Três anos depois, o trio é muito menos falado, mas continua uma atração imperdível para quem curte um Pop de banda bem feito e, acredite, de conteúdo.

A maior prova disso é o disco Supermodel, um álbum quase conceitual que aponta o dedo para o rosto do ouvinte em uma crítica da sociedade do consumo e das aparências. O clipe de Best Friend resume bem isso, assim como mostra que o grupo não deixou a peteca cair na hora de fazer músicas pra lá de divertidas.

É interessante notar como Mark Foster deixou seu potencial de hit maker levemente de lado na hora de investir nas composições que formam Supermodel. Mais do que apenas maturidade, tem a ver com o compromisso que os músicos tem com sua própria obra.

O custo disso foi, sim, uma queda significativa em sua popularidade – o que é bem comum em uma situação dessas -, mas houve um lucro visível na qualidade de suas músicas. Tanto é que, mesmo com um disco pouco falado em 2014, Pseudologia Fantastica ficou marcada como uma das melhores faixas do ano.

E o assunto “maturidade” chega quando pensamos no quanto Foster the People cresceu no palco nesse período de três anos. O show no Lollapalooza em 2012 foi inesquecível (não só pelos relâmpagos e chuva), mas este próximo tem chances de ser melhor ainda – até porque seu repertório aumentou consideravelmente, dando à banda a chance de escolher logo suas melhores faixas para a performance.

Por tudo isso, quer você esteja ansioso para ver [Calvin Harris]() ou [Young the Giant]() em seguida, vale a pena passar pelo Palco Skol e ver o que Mark Foster e seus comparsas vão aprontar para o público brasileiro desta vez. Esta playlist especial comprova isso.

Lolla

1,769 total views, 1 views today

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.