A nova safra do Rap feito por garotas

Se o estilo era ambientado só por homens há algumas décadas, hoje são elas que inovam o gênero e conseguem o levar para outro lugar

 11,459 total views

Sei que já não é mais nenhuma novidade mulheres assumirem posições antes dominadas só por homens e na música não é diferente, mas o Rap sempre foi ambiente hostil mesmo para os marmanjos que se metiam a rimar. Já no fim dos anos 80, havia algumas mulheres que vinham assumindo os microfones e conquistando seu espaço em uma cena, digamos, bem machista.

Nos anos 90, mais mulheres se enveredaram nesse terreno e tirariam de vez a mística de que mulheres não sabem fazer Rap. Uma vez conquistado, o estilo ganhou muitas representantes nos últimos anos e cada uma a sua maneira, essas garotas rappers tem ajudado a impulsionar o gênero para novos (e ótimos) lugares.

O mais incrível é que garotas, todos em seus vinte e poucos anos estão revolucionando a cena e chegando nela cada vez mais novas. Indo para caminhos bem diferentes, essas garotas sabem rimar, mas também sabem trazer a sensualidade ou a agressividade feminina quando é preciso.

Angel Haze

Raykeea Angel Wilson, ou como é mais conhecida, Angel Haze, é uma das mais novas apostas do gênero e figurou na lista BBC Sound of 2013 como um dos nomes a despontar neste ano. Seja pela sua música ou pelas brigas protagonizadas com Azealia Banks, neste último ano em especial, Haze chamou atenção para si. Mas além das polemicas, a moça tem muito talento e com apenas 22 anos já lançou uma série de EPs e Mixtapes que ganharam grande atenção por parte do público. Ainda para este ano esperasse Dirty Gold, primeiro álbum da moça, que ainda não tem uma data definida.

Azealia Banks

Quase como a arqui-inimiga de Angel Haze, a sempre polêmica Azealia Banks tem um estilo um pouco mais Pop e não à toa gerou uma grande hype em cima de sua música nos últimos anos – chegando até a vir ao Brasil na última edição do Festival Planeta Terra. Com seu hit 212, lançado ainda em 2011, a moça chegou a diversas listas como a “pessoa mais cool”, pela NME, e na BBC Sounds of 2012. Fora a todo esse falatório por questões não ligadas a música, a moça já lançou um EP e uma mixtape e prepara, desde o fim de 2012, seu primeiro disco, nomeado como Broke with Expensive Taste, que originalmente era esperado para abril deste ano, mas agora está novamente sem uma data especificada para o lançamento.

Iggy Azalea

Brincando entre o Electropop e o Hip Hop, a australiana radicada nos Estados Unidos, Amethyst Amelia Kelly, ou melhor, Iggy Azalea, vem desde 2011 rimando e impressionando muita gente com elas – até mesmo a maior revista especializada no gênero, a XXL. Depois de lançar algumas mixtapes e EPs finalmente a moça prepara seu primeiro disco, The New Classic, esperado para 2 de setembro.

Kilo Kish

A multitalentosa Lakisha Kimberly “Kish” Robinson é talvez a que mais chame a atenção nessa nova safra de garotas. Longe de polemicas, a moça é que talvez mais esteja levando o Rap para um lugar diferente e isso se explica pelas influências do Pop Psicodélico e da Música Experimental. Sua mais nova mixtape, K+ ganhou destaque no começo do ano não só pela própria moça, mas também pela participação de muita gente boa, como Childish Gambino, Star Slinger, SBTRKT, A$AP Ferg Earl Sweatshirt e Matt Martians (do OFWGKTA).

 11,460 total views

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts