A trilha não salva “Crepúsculo”, mas é boa!

Um dos filmes mais odiados do século é o que, ironicamente, tem a melhor direção musical

4,270 total views, no views today

Três apaixonados, quatro livros, cinco filmes, bilhões de dólares arrecadados e muita dor de cabeça pra quem teve que aguentar irmãs, priminhas e colegas de classe e de trabalho que não paravam de falar em Crepúsculo. A vantagem? Trilhas sonoras que nos dão esperança desse pessoal aprender a ouvir música boa de uma vez por todas.

Pois é, a Saga Crepúsculo ganhou um tratamento de respeito no quesito musical, com grandes bandas lucrando alto com a inclusão das músicas nas produções e/ou nas coletâneas lançadas com Bella, Edward e Jacob na capa. Pelo menos, você pode ouvir uma playlist bacana e convencer quem estiver com você a não mudar de faixa, porque é a trilha do filme.

Fica a dica pra quem quer educar musicalmente aquela amiga, prima ou mesmo namorada que ainda, cinco anos depois de toda a febre começar, ainda suspira com o romance vampiresco de Crepúsculo. Veja o que cada disco tem de melhor.

Crepúsculo

Pra agradar todo mundo, bandas com apelo mais juvenil, como Paramore e Linkin Park, estão aqui, acompanhadas de gente como o titio Perry Farrell (da Jane’s Addiction e fundador do Lollapalooza).

Muse

Collective Soul

Iron & Wine

Lua Nova

O segundo capítulo da saga seguiu o mesmo padrão do anterior e não economizou na hora de trazer uma verdadeira constelação de favoritos do público. St. Vincent, Lykke Li, Muse (novamente), Bombay Bicycle Club, OK Go, Editors e Sea Wolf são alguns deles.

Death Cab for Cutie

The Killers

Thom Yorke

Eclipse

A essa altura, a produção já conhecia o retorno do investimento em boas bandas, então soube investir pesado em nomes importantes da música – sorte nossa. Tinha parceria de Beck e Bat for Lashes em meio a canções de Band of Horses, Metric, Cee Lo Green, Muse (de novo!) Vampire Weekend e The Bravery, entre outros.

Florence + The Machine

The Black Keys

Fanfarlo

Amanhecer – Parte 1

Dividido em dois filmes, o último livro não viu sua primeira parte ter Muse na trilha, mas muita coisa variada, desde o mais Pop, com Bruno Mars e Christina Perri, até uma nova participação de Iron and Wine.

The Joy Formidable

Angus & Julia Stone

Noisettes

Amanhecer – Parte 2

Como se não bastasse nossa alegria na série cinematográfica finalmente ter chegado ao fim, ainda fomos presenteados com uma trilha que vai de Green Day a Ellie Goulding.

St. Vincent

Passion Pit

Feist

Pronto, agora você já sabe como tirar proveito de quem curte o filme e/ou o livro e nunca mais sofrer bullying com as músicas que curte – eles nunca mais poderão reclamar das suas playlists.

4,271 total views, 1 views today

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.