Acorde #32

Equipe Monkeybuzz cita três músicas que podem mudar sua vida

1,553 total views, no views today

Músicas que despertam qualquer ouvido para beleza, novos sons ou novas ideias, sem datas de validade. Assim é a coluna Acorde.

A cada edição, a equipe Monkeybuzz dá três dicas de faixas capazes de mudar vidas. Duvida? Experimente.

Lazuli

Um dos grandes singles de Beach House pode ser considerado um dos símbolos máximos desta vertente do Dream Pop disseminada pelo duo. As texturas se misturando com a voz de Victoria Legrand criam uma aura épica e hipnotizante para a faixa, mas sua estrutura Pop dá o equilíbrio para que seja ouvida centenas de vezes. É a excelência sendo atingida dentro de um estilo que já parecia saturado.

(por Lucas Repullo)

New Sentimentality

O quarteto japonês toe tem uma das mais lindas misturas entre Post-Rock e Math Rock que eu já vi. Se você não liga para esses termos ou mesmo não sabe o que essas nomenclaturas indicam, não tem problema: Mesmo com nomes difíceis e uma arquitetura complexa em melodias e arranjos, o som do grupo nipônico mantém-se extremamente fácil e agradável aos ouvidos. A faixa New Sentimentality é um bom exemplo disso, de como, no meio desse turbilhão de notas, há muita emoção e um sentimento de regozijo ao se passar pelos quatro minutos e meio de música.

(por Nik Silva)

Feeling the Pull

Vendo as novidades de Glen Hansard tanto em carreira solo quanto com sua antiga The Frames, vem à mente um de seus melhores projetos: The Swell Season, ao lado de Markéta Irglová. Esta faixa, de seu disco Strict Joy (2010), traz em menos de dois minutos e meio muita da sinergia que o duo apresentava entre as vozes, os timbres (destaque para violão e guitarra) e referências do Folk Rock que marcaram suas músicas, das mais melancólicas e minimalistas às animadas com banda completa – que é o caso desta.

(por André Felipe de Medeiros)

1,554 total views, 1 views today

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.