Acorde #6

Redação Monkeybuzz comenta músicas que podem mudar sua vida

 2,339 total views

Músicas que despertam qualquer ouvido para beleza, novos sons ou novas ideias, sem datas de validade. Assim é a coluna Acorde.

A cada edição, a equipe Monkeybuzz dá três dicas de faixas capazes de mudar vidas. Duvida? Experimente.

Sleeping Ute

Se um dia de tempestade pudesse ser transformado em música o resultado seria bem próximo a esta faixa do Grizzly Bear. Épica, caótica e emocionante, representa toda a maturidade que o grupo conquistou durante os anos e é daquelas canções que impressionam desde a primeira audição. Para mim, reúne muito do melhor da música contemporânea atual e coloca a banda como uma das mais criativas.

(por Lucas Repullo)

Tulsa

Muito antes do lançamento de Mountain Tops, foi essa música que me fez de fato prestar antenção no som do quarteto mineiro Câmera, que criou um dos grandes álbuns deste ano. Essa faixa mostra a bela união entre tendências do Indie Rock noventista com pitadas do Post-Rock e um lirismo leve, porém profundo (de versos como “Our youth is not the same/We’ve got special needs, and the world to blame/Our time is now but we’re already late/Cos our town still has a delay”). Paixão à primeira audição.

(por Nik Silva)

Chove Chuva

É claro que você já escutou essa, mas será que você ouviu de verdade? Não é mesmo à toa que ela entrou de vez no repertório da maior parte dos brasileiros nos últimos 50 anos. Jorge Ben gravou essa em seu primeiro álbum, em 1963, e ela encanta até hoje pela simplicidade da sua letra em contraponto ao arranjo meio Bossa, meio Funkeado. É uma balada tão romântica quanto malandra, tão chiclete quanto classuda. Jogada de mestre.

(por André Felipe de Medeiros)

 2,340 total views

MARCADORES: Acorde

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.