Acorde: Arca, Woodkid e Bon Iver

Equipe Monkeybuzz lista três músicas que podem mudar sua vida

 1,748 total views

Músicas que despertam qualquer ouvido para beleza, novos sons ou novas ideias, sem datas de validade. Assim é a coluna Acorde.

A cada edição, a equipe Monkeybuzz dá três dicas de faixas capazes de mudar vidas. Duvida?

Arca – Anoche

O auto intitulado disco de Arca é, entre os lançamentos de 2017, o trabalho que que carrega mais sentimentos, principalmente para nós, latinos. Anoche traz vozes e sentidos táteis em uma faixa que expõe feridas e a mortalidade humana – combinação lírica e musical que faz o ouvinte refletir sobre o seu plano terreno enquanto sofre diante da frágil voz de Alejandro Ghersi.

(por Gabriel Rolim)

Woodkid – The Golden Age

A música adota um tom grandioso para falar do fim de uma era de ouro, como uma marcha fúnebre dos tempos modernos. Mesmo lançada há quatro anos, ainda deixa para a interpretação de cada um se o discurso é sobre uma infância que ficou para trás ou se é o fim da inocência de uma forma coletiva. O significado contemporâneo mostra como questões presentes não são tão atuais assim e já se articulavam pouco tempo atrás. O futuro chegou e ainda não sabemos se é bom ou ruim.

(por Leandro Reis)

Bon Iver – Creature Fear

Ah, o elemento surpresa. Não é fácil usá-lo, visto que pode parecer um artifício até mesmo apelativo de quem quer causar muita impressão de uma só vez. Justin Vernon, contudo, soube dosar esse fator em dois momentos diferentes da música. Quando o primeiro refrão surge, ele pega o ouvinte de sopetão com todo seu volume e, depois da segunda vez, quando ninguém se surpreenderia com o tal do elemento, eis que a faixa acaba do nada. Fica o rastro do atropelamento que uma composição dessas deixa no ser humano, ainda mais amparada por esses recursos.

(por [André Felipe de Medeiros](http://wordpress-214585-650819.cloudwaysapps.com//autores/5/andre-felipe-de-medeiros/)*)

 1,749 total views

ARTISTA: Arca, Bon Iver, Woodkid
MARCADORES: Acorde

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.