Beastie Boys, uma redescoberta através de discos e clipes

Conheça um pouco mais sobre um dos grupos mais revolucionários do Hip Hop e como a sua discografia mudou os parâmetros do estilo

 6,114 total views

Se fosse somente pelo som, o Beastie Boys já poderia ser considerado na época de seu primeiro disco, Licensed to Ill de 1986, um grupo revolucionário. Donos de um estilo que misturava Rap com Rock, uma combinação efervescente com dois ritmos enraizados na atitude “contra o sistema”, mas com um performances gravadas tanto em formato instrumental, pelos seus membros como através de samples retirados de relíquias musicais, os garotos embestados eram extremamente diferenciados. Tanta vanguarda pode ser interpretada como justificativa para o fato de os meninos do Brooklyn, serem brancos em um Hip Hop que sempre buscou ser uma forma de expressão dos negros.

No entanto, tanto talento tornaria possível que preconceitos fossem colocados de lado e que o próprio universo da música se rendesse aos Beastie Boys. A criatividade aflorava e criava a necessidade de ser externalizada de alguma forma. Por isso sua discografia se mistura a sua videografia, em que clipes combinavam de forma inteligente, divertida e enérgica o espírito do grupo, se tornando difícil dissociar ambas partes depois de algum tempo. Quem não se lembra de vídeos como Sabotage, Intergalactic entre outros? Caso você não se recorde, venha com a gente redescobrir um dos mais importantes nomes do Hip Hop de todos os tempos.

Tudo começou com o disco Licensed to Ill, já citado anteriormente. E todos os aspectos que chocavam naquela época, certamente irão te chocar nos tempos atuais. A energia, toda imposta em uma atitude Punk e com menos aspectos eletrônicos, trazia um toque de frescor ao estilo que começava a ganhar espaço nos EUA. Atualmente, pouquíssimos grupos recorrem ao mesmo formato e se o fazem, trazem sons um pouco mais cadenciados como o The Roots, por exemplo. Singles clássicos como No Sleep Till Brooklyn, com um clipe que era uma paródia ao metal farofa que encontrava em cabeludos um pouco menos nervosos o seu espaço, e os outros como (You Gotta) Fight for Your Right (To Party!) e Brass Monkey fizeram desta obra, uma abertura chocante e única.

Surpreendentemente, seu segundo disco Paul’s Boutique movia-se em uma direção totalmente oposta ao seu antecessor, tanto em relação ao sucesso de vendas como no som encontrado. Considerado um fracasso pela sua gravadora, a Capital Records, o álbum não tinha força para encontrar singles tão apelativos devido a natureza mais experimental e sampleada de suas músicas. Misturando vários excertos musicais, faixas com menos de dois minutos como o Jazz de abertura, To All The Girls, os Beastie Boys mostravam coragem para arriscar-se tão rapidamente, o que fez com que apesar do fracasso comercial, Paul’s fosse considerado um dos melhores discos de Hip Hop de todos os tempos.

Três anos depois, Check Your Head procurava retornar as raízes da revolta e energia juvenil que percorreram os primeiros EPs e Licensed to Ill, com o retorno da instrumentação ao vivo e a atitude Punk. Trazendo um pouco mais de apelo comercial, e samples dos mais variados artistas como Bad Brains, Funkadelic, Kool and the Gang e Led Zeppelin, foi uma tentativa de retorno as massas que deu bastante certo. Aliás,o Led é um dos artistas sampleados na faixa mais famosa do disco So What Cha Want, com seu clipe psicodélico e com toques de VHS quebrado.

A abertura que Check Your Head deu aos Beastie Boys, fez com o seu disco seguinte, Ill Communication alcançasse novamente o topo das paradas de sucesso e se tornou o segundo disco de platina de sua carreira. Liderados pelo single de Sabotage, uma mistura extremamente bem sucedida entre música e vídeo, este dirigido pelo diretor Spike Jonze, foi talvez o maior marco do grupo. O clipe surgia em um momento em que tal formato estava talvez no seu auge na MTV norte-americana, e trazia aspectos cômicos de uma recriação das séries de TV sobre policiais. Nervosa, a faixa toda construída em base Rock, retirava de uma vez por todas as fronteiras entre este estilo e o Hip Hop.

Tanto sucesso fez com que o disco posterior fosse lançado no maior hiato até então, quatro anos. Em 1998, chegava as lojas Hello Nasty, disco que certamente está na prateleira de muitos leitores do Monkeybuzz, ou que, pelo menos, tem faixas mais conhecidas pelo público mais jovem. Na obra estão presentes, as clássicas Body Movin, faixa que despontava como candidata as pistas de dança, mesmo tão nervosa e enérgica, mas com uma batida marcante e Intergalactic, com seu clipe totalmente inspirado na ficção científica japonesa. No vídeo, os Beastie Boys percorrem Tokyo com roupas de “segurança no trabalho”, enquanto robôs destorem a cidade em busca de sua salvação. Repare como os japoneses são perfeitos figurantes nas cenas em que o trio versa no metrô da capital do Japão.

Nascidos e criados em Nova York, o grupo sentiu o impacto da destruição das torres gêmeas no famoso 11 de Setembro e acabaram lançando em 2004 o seu disco mais duro, sentimental e político, To The 5 Boroughs. Em um tradução livre, boroughs são distritos em Nova York (Queens, Manhattan, Staten Island, Brooklyn e Bronx), e poucas obras conseguem capturar a tristeza e o sentimento de ter o seu lar atingido por terroristas. Como se aquele símbolo da sua cidade, de repente desaparecesse e com ele pessoas que você conhecia ou não, mas que de certa forma eram seus vizinhos. Tudo isso pode ser sentido e escutado no single An Open Letter to NYC.

The Mix Up de 2007 é um disco instrumetal do trio e demonstra as suas virtudes musicais em faixas viajantes e psicodélicas mas que podem e devem ser muito sampleadas daqui pra frente. Vale destacar a música Suco de Tangerina, homenagem do grupo ao Brasil após uma passagem pelo país no Tim Festival de 2006. O último disco de sua carreira tem uma história melancólica. Hot Sauce Commitee Part Two era pra inicialmente uma obra dividida em duas partes. No entanto, a descoberta de um câncer no MC Adam “MCA” Yauch, fez com o que os planos fossem adiados e até o momento permanece incerto se a primeira parte será um dia lançada devido ao triste falecimento deste gênio. O disco ganhou maior notoriedade pela comoção dos fãs de Hip Hop que viram um dos maiores ícones do gênero nos deixar tão novo.

Formado por Michael “Mike D” Diamond na bateria, Adam “MCA” Yauch no baixo e Adam “Ad-Rock” Horovitz na guitarra, todos dividindo o papel nos vocais como MCs, o Beastie Boys é um grupo único e que marcou o Rock e o Hip Hop pra sempre. Seu estilo nunca mais foi visto por aí, e o humor presente na atitude do trio, que sabia também misturá-la a ironia transformando tudo isso em uma agressividade Punk Rock, feita por brancos em um ambiente negro está para ser encontrada novamente. Talvez o Eminem seja um outro exemplo, mas o seu contexto e história é totalmente distinto. Infelizmente, e provavelmente o grupo deve ter acabado junto com a morte de MCA, um dos membros fundadores que ajudou a mudar os parâmetros da música. No entanto, a obra da banda está aí pra ser apreciada e seu legado continuará pra sempre na história.

 6,115 total views

ARTISTA: Beastie Boys

Autor:

Economista musical, viciado em games, filmes, astrofísica e arte em geral.