Cozinhar com Música: Receita Infalível

E se aquilo que você ouvir influenciar nos pratos que prepara? Veja dicas do que escutar na cozinha

3,118 total views, no views today

Fotos: Foto por revista Kinfolk

Sou desses que acreditam fervorosamente que a música que você ouve influencia diretamente na qualidade e no aspecto do que você prepara na cozinha, e só uma junta científica, com uma tese muito bem qualificada, poderia me provar o contrário.

Pois bem, na hora de preparar uma refeição, seja pra um, pra dois ou pra um grupo de amigos (ou, na realidade de quem tem pouco tempo, aquela panelona pra durar uns três dias), a escolha da trilha sonora tem tudo a ver com o produto de seu trabalho gastronômico.

Pra você que é fã de música e de culinária, reuni algumas dicas auditivas para acompanhar suas aventuras ao fogão. Ao invés de playlists prontas, optei por sugestões para o preparo – afinal, o melhor de olhar receitas não é copiá-las, mas ter ideias para fazer as suas próprias.

Para o Preparo de Massas

Fazer aquela pasta al dente tem seus desafios, mas, no geral, é um trabalho de escolher os acompanhamentos certos, pode ser com um molho (seja lá qual for) com ou pequenas misturas que dão uma nova cara ao prato (como um yakissoba, por exemplo). Pra isso, é legal ouvir bandas que pegam algo básico e adicionam elementos diferentes para criar algo inesperado e com bastante identidade.

Fora que estamos falando de pratos fartos e acolhedores, normalmente servidos quentes, de preferência com um bom vinho. É comida pra você ficar feliz, o que pode começar já na trilha sonora do preparo.

Cai bem ouvir Selton (que mora na Itália e deve entender do assunto), Haim ou mesmo um Paolo Nutini (mais pelo som do que pelo nome italiano, juro). Se for algo um pouco mais refinado, experimente com Orcas ou Little Dragon.

Pratos Vegetarianos

Se engana (e muito) quem pensa que vegetariano é sinônimo de light. A ausência de carne pode significar um acréscimo de gorduras e carboidratos de outros ingredientes. Mas a questão nem é essa: É que tais refeições costumam ter grandes misturas para aumentar não só seu valor nutritivo, mas também fazer a diferença no paladar.

Sendo assim, um prato pode encontrar gostos doces, picantes e amargos praticamente ao mesmo tempo. Você acaba descobrindo novas combinações que não imaginava antes e, pode ter confiar, o replay é certo.

As dicas aqui ficam com bandas que seguem esse mesmo espírito. Baleia, Animal Collective e Craft Spells são legais. Temperar com tUnE yArDs pode ficar bom também.

Arroz, Feijão, Bife e Salada

Há beleza no básico, no comum, no cotidiano da cozinha brasileira. Os pratos que você cresceu comendo ficam ainda melhores quando feitos com as coisas que você ouve também há muito tempo.

Não tem como Los Hermanos ou até um Guilherme Arantes não caírem bem. Mas não precisa ficar no brasileirismo de um Jorge Ben Jor pro seu prato ficar com jeito de “comida caseira”. Um Sonic Youth, Radiohead ou Yo La Tengo, tudo coisa que escutamos há muitos anos, vão combinar lindamente, quer você acompanhe a refeição com um suco de laranja ou com uma caipirinha.

Hambúrguer

Aqueles que vem na caixinha são para amadores. Colocar a mão na massa e fazer seus próprios hambúrgueres é algo bem fácil (quando você pega o jeito), embora faça bastante sujeira no preparo e na hora de comer, com catchup por todos os lados.

E isso tem tudo a ver com Rock, os dois caminham de mãos dadas como ícones da cultura jovem há mais de 60 anos. Daí, uma sessão retrô com The Beatles ou The Beach Boys pode ser divertido.

Mas legal mesmo é colocar Cloud Nothings, METZ e Queens of the Stone Age na hora de socar a carne moída e tacar tudo na chapa. Sem dó, pode confiar.

Sobremesas

Doce remete à infância e à adolescência, então aqui é o território em que a música Pop reina absolutamente.

Já que estamos no assunto, Michael Jackson vai te acompanhar na hora de mexer o brigadeiro e te fazer lembrar de festinhas de aniversário. Seus “discípulos” Justin Timberlake e Pharrell podem ter o mesmo efeito.

Pra bater o bolo (na mão mesmo, porque fica difícil ouvir alguma coisa com batedeira ou liquidificador), peça ajuda de Lily Allen, Kimbra ou Sia.

O Monkeybuzz não garante a qualidade dos resultados gastronômicos, mas todo mundo aqui tem certeza que essas bandas deixarão os preparos mais divertidos. Se ficarem bons, nossa redação aceita convites – com direito a resenhas tanto dos pratos, quanto das playlists.

3,119 total views, 1 views today

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.