“David Bowie Is”: Um Olhar Clínico pela Carreira de um Ícone

Brasileiros já podem “bisbilhotar” o vasto acervo do músico que marcou época

3,052 total views, no views today

Uma das figuras mais veteranas do Rock que ainda angaria fãs e permanece vivaz mesmo com o passar de décadas e modismos é David Bowie. O músico ficou marcado como símbolo pela ousadia tanto no som que produzia quanto na sua estética camaleônica. Considerado como um grande percursor do Art Rock e do Glam Rock, Bowie agradou desde então diferentes públicos pela sua inventividade e a criação de alter-egos – Como se esquecer do andrógino e lendário Ziggy Stardust?

O retorno de Bowie aos estúdios e seu mais recente álbum de estúdio, The Next Day, depois de dez anos sem lançar novidades, aguça agora os fãs e entusiastas da música a visitar sua mostra David Bowie Is, que faz sua primeira passagem ao Brasil em parceria com o Museu da Imagem e Som (MIS), em São Paulo, e conta com a curadoria de Kathryn Johnson, Victoria Brockes e Geoffrey Marsh.

Como era de se esperar do músico, a exposição não se dá em ordem cronológica, mas em blocos que revelam mais de perto os diferentes momentos e fases de David dos anos 70 até os dias de hoje. A mostra é baseada na compilação The David Bowie Archive, arquivo que reúne tudo que já foi criado pelo cantor ou então construído por demais artistas para o uso do próprio ou em homenagem a ele, passando por quadros e fotos, até figurinos de show.

O público interessado por moda e peças de vanguarda deve se programar para passar pelo Museu para conferir as extravagâncias e tendências delirantes do vocalista que trabalhou ao lado de estilistas como Kansai Yamamoto na turnê do disco Aladdin Sane, em 1973, criador do macacão modernista de vinil. Vestuários como o terno azul claro usado na gravação do curta feito para Life on Mars? e o conjunto de calça e jaqueta multicoloridos de Freddie Burretti, feito para a turnê Ziggy Stardust, também são pontos de destaque no evento.

A influência de Bowie e sua criatividade são desmembradas na exposição que conduz o visitante a ver como tais ações do roqueiro reverberam na cultura Pop. O MIS ainda preparou uma área externa intitulada como Estúdio Bowie, na qual as pessoas que passam pelo museu podem mostrar seu lado fã e dar a própria voz a canções hit do músico em um karaokê recheado de faixas como Heroes, Let´s Dance, Changes, Space Oddity e Starman.

David Bowie Is vai até o dia 20 de abril e abre de terças a sextas das 12h às 21h, e aos sábados, domingos e feriados das 11h às 20h. Os ingressos podem ser comprados na bilheteria do Museu da Imagem e Som pelo valor que varia entre R$5 (meia) e R$10 (inteira), ou pode-se reservar o ingresso pelo site da Ingresso Rápido pela quantia de R$25.

3,053 total views, 1 views today

ARTISTA: David Bowie
MARCADORES: Exposição

Autor:

Jornalista por formação, fotógrafo sazonal e aventureiro no design gráfico.