Dez Motivos Para Você Ouvir “Tyrannosaurus Hives”

Redescubra o terceiro álbum de The Hives

 2,848 total views

The Hives é uma daquelas poucas bandas que realmente dispensam apresentações. Você pode ter 14 ou 40 e, mesmo assim, provavelmente já deve pelo menos ter ouvido falar deste quinteto sueco. O mais provável mesmo é que já tenha sido pego pelo ritmo frenético de seu som e o tenha dançado muitas vezes ao longo dos anos.

Hoje se torna um dia especial para o álbum Tyrannosaurus Hives , terceiro lançado pelo grupo, e daqui a pouco você vai entender o porquê. Para homenagear essa ótima obra, listamos dez motivos pelo qual você deveria ouvi-lo (e não tirar do repeat) o dia todo. Vamos a eles:

1. É impossível ficar parado

Não preciso argumentar muito a favor disso, pois é só dar play em qualquer faixa deste álbum e você vai notar isso. Todas as doze faixas do álbum (ou escolha livremente qualquer uma da carreira do grupo) são simplesmente divertidas demais e extremamente dançantes. Ficar parado ao ouvi-las é na verdade um grande desafio (mesmo que seja só para balançar a cabeça discretamente).

2. Primeiro álbum em um selo grande

Depois de lançar Barely Legal (1997) e Veni Vidi Vicious (2000) por selos pequenos e com distribuição limitada, o quinteto em seu terceiro álbum foi acolhido pelas gigantes Interscope e Polydor – um passo e tanto para uma banda ainda “iniciante”. A partir daí, sua capacidade de chegar a mais lugares aumentou e como dizem, o resto é história. Não à toa, o grupo tem hoje o nome que tem e faz o sucesso que faz.

3. Quatro anos sem material novo

Apesar de Your New Favourite Band ter saído em 2001, esse era um álbum que compilava os maiores sucessos de seus dois discos anteriores – estratégia bem sucedida e que conseguiu arrebanhar um bom número de novos adeptos ao som da banda. Porém, nada de novo do grupo foi visto em mais de quatro anos e a chegada de tantos hits emTyrannosaurus Hives impressionou a crescente legião de fãs que a aumentava muito na época.

4. Atitude Rock

Em Veni Vidi Vicious o grupo disse que havia “reintroduzido o Rock (o ROCK de verdade) ao Mainstream”. Há muito mais que analisar nessa sentença, mas sim, a banda foi um dos principais responsáveis, lá em 2001, por trazer o Rock de volta às massas – junto de toda aquela onda Indie Rock que começou a se estabelecer. Sem a pose “blasé” Indie da época, The Hives queria mesmo era fazer um bom Rock sem mais tags ou outras nomenclaturas e isso continuou presente em Tyrannosaurus Hives, bem como em toda sua discografia.

5. Disco mais variado do grupo

Se os dois discos anteriores foram regados com o mais puro Garage Rock e Punk, para esse disco o quinteto resolveu expandir um pouco seu leque e aumentar a gama de possibilidades de seu som. Testar até onde esse som roqueiro e garageiro poderia chegar. O resultado foram músicas como B is for Brutus, Diabolic Scheme e Dead Quote Olympics – faixas até então impensáveis e incompatíveis para o que o quinteto mostrava.

6. Show no Brasil

A mais recente apresentação de Howlin’ Pelle Almqvist e sua turma em terras tupiniquins foi no Lollapalooza de 2013 e creio que muita gente concordará comigo quando digo que aquele foi um dos melhores shows daquela edição do festival. Apesar de estar em turnê com Lex Hives (2012), o quinteto tocou alguns hits de Tyrannosaurus Hives. E a notícia hoje é que o grupo voltará ao país para abrir shows de Arctic Monkeys.

7. Walk Idiot Walk

8. Two-Timing Touch and Broken Bones

9. Abra Cadaver

10. O álbum completa dez anos em 19 de julho de 2014

Uma década se passou e Tyrannosaurus Hives não perdeu nada de seu frescor. Esse sim é bom um motivo para se celebrar essa ótima obra de The Hives.

 2,849 total views

ARTISTA: The Hives
MARCADORES: Aniversário, Lista

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts