E se Bandas Inspirassem Filmes de Terror?

FKA twigs é uma das artistas que poderiam estrelar produções de horror

 2,924 total views

No Brasil, não se comemora o Dia das Bruxas, provavelmente porque já convivemos com medo o suficiente em todos os outros dias do ano. Mas nós, que moramos não só no país, mas também na tal da Rede Mundial de Computadores, já sentimos há semanas a espera pelo 31 de outubro, com fantasias, doces e, principalmente, todo o horror.

Mas, se tem algo que brasileiros dominam nessa parte da Cultura Pop, é sobre filmes de Terror. Das mais Cult às mais gratuitamente sangrentas, essas produções são sempre comemoradas pelo público tupiniquim.

Daí, veio a ideia de unir essa paixão com o amor que temos pela música e jogar a questão: E se fizessem filmes inspirados pelas bandas e discos que mais ouvimos? Ficam aí algumas possibilidades.

Kanye West

Esse é o cara que deu ao mundo Monster, clipe que foi banido pelo YouTube pelo conteúdo julgado de mau gosto (violento e com apologia a necrofilia). No cinema, área em que as coisas são mais livres desses impedimentos, ele poderia incorporar seu Yeezus, uma figura com poderes sobrenaturais que quer dominar o mundo – e consegue. Sim, ele seria o vilão. E o mocinho. E o produtor, roteirista, diretor e editor.

Elenco: Jay-Z como seu comparsa/arquiinimigo, Nicki Minaj seria sua capanga, Beyoncé é a menina bonita que morre logo no começo e Justin Vernon, uma espécie de figura angelical que age como a voz de sua consciência;
Taxa de Mortalidade: Média de três mortes a cada sete minutos;
Possibilidade de virar franquia: Altíssima;
Avaliação da Crítica: BBBBb

Garbage

O quarteto protagonizaria uma trama que envolve uma seita sanguinária que sequestra jovens seduzidos por Shirley Manson para realizar sacrifícios. Em uma virada no roteiro, descobrimos que, apesar de seus grandes poderes, o mais poderoso do grupo é na verdade Butch Vig, nome por trás não só desse, mas de diversos outros cultos ao redor do globo.

Elenco: Dave Grohl interpreta um dos conquistados pelo baterista/produtor e Brody Dalle é a capanga número um de Shirley;
Censura: 16 anos;
Número de velas usadas nas cenas de sacrifícios: 7423
Avaliação da Crítica: BBBba

Queens of the Stone Age

Vampiros, bruxas, lobisomens, múmias e um humanóide à la Frankenstein: Josh Homme e sua trupe reinventaria o terror clássico pensado para a cabeça de hoje. Viria a calhar, porque eles já tem experiência nessa estética, vide o clipe de The Vampyre of Time and Memory. Na história, um grupo de adolescentes se perde em uma excursão e vai parar em uma mansão mal assombrada habitada por uma banda de Rock.

Elenco: Brody Dalle (de novo) como a Primeira Dama dos mortos, Nick Oliveri vive o misterioso zelador da casa e Alex Turner é o fantasma que tenta ajudar as vítimas;
Litros de sangue utilizados nas filmagens: 30/dia;
Indicação ao Oscar por: Direção de arte;
Avaliação da Crítica: BBBBa

FKA twigs

Sabe aquele tipo de horror de filmes como Extermínio, que mistura ficção-científica e um drama psicológico para contar a história – algo meio The Walking Dead ou a segunda temporada de American Horror Story? É essa a produção que a jovem britânica estrelaria, como um híbrido de alienígena e robô que vem à Terra e, indignada com nosso modo de vida, decide fazer justiça com as próprias mãos.

Elenco: Dev Hynes e Sampha são os policiais que investigam os assassinatos e Björk é a alienígena-mãe que vem ao planeta em busca da filha;
Cenas gravadas em drones e Google Glasss: 84%;
Potencial Cult: Alto;
Avaliação da Crítica: BBBBb

 2,925 total views

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.