Kimbra: Voz Marcante, Inventividade e Grandes Hits

Prestes a lançar o álbum “The Golden Echo”, te mostramos por que vale conhecer a cantora

2,537 total views, 1 views today

Ao alto de seus 24 anos, a cantora Kimbra está prestes a lançar seu segundo álbum de estúdio, The Golden Echo, se propondo a mudar totalmente o caminho de seu som desde Vows, seu trabalho de estreia. A partir de agora, te concedemos alguns motivos pra você dar uma chance para esta talentosa neozelandesa.

Parcerias de Sucesso

Muita gente acabou conhecendo o trabalho de Kimbra por singles que tocaram em muitas rádios, além de agitar festas nos últimos três anos. O mais famoso deles e que de fato projetou a musicista foi Somebody That I Used To Know, de Gotye, que virou hino em 2011 e ganhou notoriedade pelo ousado clipe que misturava nudez, formas geométricas e pintura corporal. Além dessa, a canção I Look To You, de Miami Horror, também conta com os vocais da jovem, que conduz a dançante balada Eletrônica e é parcialmente responsável pelo maior hit do duo em toda sua curta carreira. O mais interessante é que agora em seu atual trabalho quem se enche de boas parcerias é ela ao convidar nomes como Matt Bellamy (Muse), John Legend, Flying Lotus, Mark Foster (Foster The People) e vários outros para seu lançamento.

R&B sem complicações

Embora o futuro LP prometa explorar novas variantes musicais, vale conhecer o primeiro álbum da cantora. Em Vows, a cantora te transporta para os terrenos sonoros de um fácil R&B, assim como um Neo Soul recheado de instrumentações atuais e muita percussividade e metais sampleados, que às vezes beiram lembranças étnicas. Singles como Settle Down, Something In The Way You Are e Two Way Street são faixas altamente recomendáveis para quem gosta dessa mistura entre as influências da música negra clássica e também procura por uma pitada de novidade. Na época, a Kimbra afirmou em entrevista à revista Interview Magazine que o disco foi inspirado tanto por Prince e Michael Jackson, quanto por Dirty Projectors e tUnE-yArDs.

Ousadia sem medo de errar

Cultura asiática. Rock Progressivo. Vaporwave. Essas são apenas algumas das novas referências de Kimbra para o álbum The Golden Echo. A neozelandesa impressionou ao compartilhar o single 90’s Music e chamou atenção por abordar a música Eletrônica de uma maneira que ela nunca antes havia mostrado. A própria que diz ser muito próxima da sonoridade que aborda na letra, disse que preferiu explorar de uma perspectiva futurista ao invés de resgatar o som da época, como tem sido muito feito ultimamente, comprovando sua ousadia. A musicista ainda explora a Disco Music na dançante Miracle e migra para um Pop cru em Love In High Places. Ela está disposta a arrriscar – e isso é bom!

Surpreendente e inventiva ao vivo

Muita gente pode não ter se atentado, mas Kimbra já passou pelo Brasil e fez uma apresentação dançante ao lado do grupo Olodum no Rock In Rio 2013. Quem viu gostou. A cantora explora ao vivo seu repertório de uma maneira que ultrapassa o som mostrado em seu trabalho gravado. Suas performances de seus principais singles e sua potência vocal deixam muita gente embasbacada e até reconsidera ouvir tudo de novo da cantora pra ver o que perdeu nesse meio tempo. Vale lembrar que The Golden Echo estreia em 19 de agosto pelo selo Warner Bros.

2,538 total views, 2 views today

ARTISTA: Kimbra
MARCADORES: Aquecimento

Autor:

Jornalista por formação, fotógrafo sazonal e aventureiro no design gráfico.