La Roux por La Roux: Pop e Dance Music em Álbum de Hits

Único disco do projeto inglês ganhou notoriedade pela qualidade levada para as pistas

2,139 total views, no views today

O ano de 2009 foi especial para a música Eletrônica, que no período de 365 dias revelou ótimos trabalhos vindos de nomes como Dirty Projectors, Animal Collective e Fuck Buttons, mas um dos mais marcantes da época e que ressoa nas pistas de dança até hoje é o álbum de estreia da cantora La Roux.

O projeto conduzido por Elly Jackson chamou atenção por todo seu conceito: O marcante topete ruivo somado ao visual classudo e moderno na mesma medida se uniam aos primeiros lapsos de resgate e inspirações oitentistas na atual Dance Music, que reverberam ainda hoje. O registro de doze canções é nitidamente um hitmaker munido de faixas plenamentes prontas para as pistas de dança.

Os doces vocais de Elly duplicam-se pelas faixas e agregam-se ao emaranhado harmônico de sintetizadores explorados da maneira mais Pop possível, experiência essa que rendeu músicas-chiclete como Bulletproof, I’m Not Your Toy e In For The Kill. Quicksand, Colourless Colour, Growing Pains e Reflections Are Protection são parte do “lado-B” do trabalho que também devem ser levadas em conta por manter o ritmo de festa e continuar a dar um bom estofo ao trabalho mesmo, mantendo a unidade do material.

Não à toa, Jackson e seu parceiro de palco, Ben Langmaid, foram alvo de boa repercurssão nos anos seguintes. O duo acompanhou Lily Allen no mesmo ano em que lançou o disco abrindo seus shows por toda sua turnê no Reino Unido e em 2011 ganhou o Grammy de melhor álbum de Melhor Álbum de Música Eletrônica/Dance, desbancando nomes já tradicionais como The Chemical Brothers e Groove Armada. O par ainda concorreu a melhor disco nas premiações MTV Europe Music Awards e Mercury Prize.

Desde então, novidades vindas de La Roux vieram apenas pelas revistas e a ideia é que o que a dupla deixou pra trás os anos 80 e deve vir numa pegada mais próxima do Funk e da Italo-Disco, contando com alguns pitacos de Nile Rodgers, que não desapontou em sua participação no recente disco do Daft Punk, Random Access Memories. Os corações ainda palpitam a esperar pelo retorno furtivo e arrebatador do tal eletrônico adocicado inglês.

2,140 total views, 1 views today

ARTISTA: La Roux
MARCADORES: Fora de Época

Autor:

Jornalista por formação, fotógrafo sazonal e aventureiro no design gráfico.