Música e Cerveja: Perfeita Harmonização

Um pequeno guia de como fazer sua bebida favorita complementar a música, ou vice versa

5,301 total views, no views today

Assim como música, cerveja também é uma paixão para muita gente – não há nada melhor do que experimentar os mais variados estilos, tanto os musicais quanto os tipos da nossa bebida à base de malte, lúpulo, agua e levedura favorita. O que ambas tem em comum tamém é que, com apenas quatro ingredientes básicos, se pode fazer uma série de combinações infindáveis (sem contar ingredientes extras que podem ser adicionados). A ressalva que fica é que, ao contrário da música, o exagero na bebida não é muito recomendado.

Com tantas similaridades entre essas duas paixões, porque não unir o útil ao agradável e juntar estes dois universos degustativos em só? Porque não embarcar em uma viagem sensorial na qual ambos, sabor e som, se aliam e geram uma experiência sinestésica completa?

Para você que é amante destes dois riquíssimos universos, criamos um breve guia para “harmonizar” cerveja e um tipo especifico de som ou banda, um pontapé inicial para seus experimentos de cervejeiros e musicais.

Pale Lager

Vamos começar nossa pequena experiência com as variações mais populares do mundo da cerveja, as Lagers. Elas são aquelas bebidas claras (no caso, as Pale Lagers), leves e cheia de bolhas que você costuma tomar, basicamente, em todo lugar. Seja em baladas, bares ou onde mais você vá escutar música em público, elas sempre estão lá (cervejas como Skol, Budweiser, Heineken, Stella Artois e mais uma infinidade de outras são todas lagers).

Sendo assim, não tem como não associar esse estilo à baladas ou outros ambientes com música alta e animada. Portanto, esse é o tipo de cerveja que cairia muito bem com bandas como Arctic Monkeys, The Strokes, Two Door Cinema Club ou tantas similares. Assim como a vasta oferta de lagers, a oferta de bandas para sua harmonização é quase interminável, mas sempre seguindo neste mesmo caminho mais popularesco.

Pale Ale

Diferente das lagers, as ales são cervejas que passam por um processo de fermentação diferente, sendo muitas vezes mais encorpadas, fortes e com um sabor mais vistoso – e, a partir de agora, só falaremos de variações das ales, começando pela Pale Ale.

Ainda que robustas, as pales ales são suaves ao paladar e tem assim como o Rock, dois principais polos exportadores: EUA (Brooklyn East India Pale Ale) e Inglaterra (Fuller’s India Pale Ale) – apesar de Bélgica (Gauloise Ambree) e Austrália (Coopers Original Pale Ale) terem bons representantes do estilo.

Para paladares mais requintados e que gostam de explorar novos sabores a cada gole, recomenda-se a harmonização deste tipo de cerveja com bandas como Tame Impala, Alt-J e Oliver Wilde. Dependendo da receita usada de sua Pale Ale de preferência, você pode até mesmo arriscar algo como Badbadnotgood ou toe.

Strong Ale

Pelo nome, você já deve imaginar o que vem pela frente, não? Sim, esse tipo de Ale é mais forte, carregado no lúpulo e com teor alcoólico acima da média – podendo chegar aos 12%. Cervejas como Duvvel, Robinsons Old Tom e Delirium Tremens estão dentro desse estilo, que não tem uma classificação muito exata, mas que tem em comum provocar aquela sensação de que você acabou de levar um soco na cabeça – no bom sentido, é claro.

Um tipo de cerveja perfeito para embalar uma noitada regada a sons mais altos, sujos e estrondosos. Elas harmonizam muito bem com bandas como Queens of The Stone Age, METZ, Ty Segal, Swans e Red Fang.

Weissbier

Feita à base de trigo, o sabor característico do grão se sobressai aos demais, deixando a cerveja com aroma forte e com gosto bem carregado. Grande parte da produção mundial deste estilo se concentra na Alemanha (e você deve conhecer marcas como HB, Paulaner, Erdinger e Franziskaner, especialistas quando o assunto é cerveja de trigo) e, com isso, muito da sua harmonização musical vem desse encontro de sabor marcante e pesado com as paisagens campestres alemãs.

Sendo assim, o Folk é um dos estilos musicais que mais se ligam a esse tipo de cerveja. Para harmonizar com uma boa Weissbier são indicados artistas como James Blackshaw, Angel Olsen, Sun Kil Moon e Laura Marling.

5,302 total views, 1 views today

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts