Ombu: “Tá Ótimo Ser uma Banda Nova”

Grupo paulistano comenta seu segundo álbum, “Pedro”

2,494 total views, no views today

O que diferencia uma banda novata de uma já veterana? Foi essa a pergunta que encerrou um bate-papo com a banda Ombu na redação do Monkeybuzz na quinta, 23 – literalmente na véspera do lançamento de Pedro, seu segundo EP.

João, Santiago e Thiago (todos entre 21 e 22 anos) têm histórias para contar sobre músicos estreantes que querem suas opiniões e sobre fãs que estão em todos os shows – incluindo o garoto que acabou sendo homenageado no título desse disco. Ao mesmo tempo, os três se apresentam como um trio cuja história está em um mero começo.

Mesmo assim, Pedro chega em um contexto diferente de Mulher (2015). “Quando a gente fez o Mulher, a gente não tinha muito som e decidiu fazer um EP. Essa foi a proposta”, conta Santiago, “Já o Pedro, ele é outra coisa. Desde o começo, o João e o Thiago estavam bem a fim de experimentar na pós-produção”. “A diferença é essa pós produção, que teve esses elementos além da banda, com outros instrumentos, ou outra voz, que o outro EP não teve”, comenta João, “Mulher é bem ensaio, bem cru. Essa é a diferença”.

Das cinco faixas do lançamento, apenas uma é recente, como explica Thiago, que disse que a intenção era aproveitar o material antigo (“que a gente tinha desde antes do Mulher, da época da escola”) antes de investir em novas composições. “A gente fez uma releitura dessas músicas, mudou bastante do que era no original”, algo muito diferente do processo no primeiro disco.

Outra diferença para o novo EP é seu lançamento pelo selo Balaclava Records, o que deixou “tudo mais sério, mais profissional”, nas palavras de Santiago. “A gente ia lançar algo bem caseiro, ia ser algo pequenininho sem pretensão nenhuma”, explica ele, que vê ao lado de seus companheiros de banda uma proporção maior em que chega seu som desta vez.

Como se não bastassem as experimentações e o contrato com o selo, Ombu recebeu também um novo integrante, que ajuda a reproduzir ao vivo o que Pedro é gravado. “Acho que é um momento bom”, avalia Santiago, que concorda com João e Thiago quando eles falam sobre o pique de continuar aperfeiçoando seu som e amadurecendo sem perder “o mesmo tesão de ensaiar que a gente tinha na escola”. “Sendo uma banda nova ou velha, a gente quer continuar tocando as pessoas”, explica antes de brincar que “tá sendo ótimo ser uma banda nova”.

2,495 total views, no views today

ARTISTA: Ombu
MARCADORES: Entrevista, Novo álbum

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.