Os Shows que você perdeu no Coachella

O primeiro fim-de-semana do festival contou com ótimos grandes shows, mas alguns artistas e bandas ainda não muito conhecidos acabaram ofuscados. Conheça alguns dos nomes que merecem sua atenção

1,865 total views, no views today

Fotos: Natalie Kardos

O festival Coachella trouxe ótimas apresentações na semana passada, como a magnífica apresentação do Radiohead, a aula de Blues Rock com a dupla The Black Keys, a volta do Pulp e At The Drive In e as baladas indies do M83 e Miike Snow. Mas, além disso, o evento ainda trouxe muitos nomes não tão conhecidos assim que fizeram apresentações memoráveis. Separamos algumas delas, na expectativa de novas bandas que o próximo fim de semana do festival vai nos mostrar.

O primeiro dia do Coachella contou com a apresentação de Gary Clark Jr., cujo som pode ser definido como o encontro da pegada blueseira do Black Keys, as guitarras de Hendrix e um pouco daquela vibe da Motown. Em um set bem curto, ele conseguiu apresentar boas canções do seu mais novo EP The Bright Light.

O We Were Promised Jetpacks mostrou todo o poder do seu Indie Rock e por que merecia estar no festival ao fazer um bom show de baixo de um sol muito forte – um clima bem diferente da Escócia, sua terra natal.

Os desordeiros do Oberhofer fizeram uma apresentação curta, porém potente. Em pouco menos de 40 minutos, a banda conquistou o público com seu Indie Pop guiado por guitarras distorcidas e melodias quase sempre dançantes. Ao fim do show, Brad Oberhofer agradeceu todo mundo, sua família e até mesmo seu cachorro.

Em um dos melhores shows que passaram pelas tendas alternativas do Coachella, o quarteto Real Estate apresentou na íntegra seu novo disco, Days. Seu misto de Soft Rock, Post Rock e Surf Music foi perfeito para o fim de tarde no domingo, quando eles conseguiram trazer um clima praiano pra o meio do deserto californiano.

1,866 total views, 1 views today

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts