SINAPSE: previsão dos tempos

The Weather Station, The Radio Dept., Joni Mitchell e a crise ambiental

 346 total views,  4 views today

Fotos: Mariana Poppovic

Um músico e suas livres associações nas zonas de contato da arte (sempre às quartas-feiras).

 

PETRÓLEO

The Weather Station, Joni Mitchell, Aquecimento Global

 

The Weather Station é um projeto liderado pela musicista canadense Tamara Linderman. O seu álbum mais recente, lançado há alguns meses, How Is It That I Should Look at the Stars, é composto de faixas etéreas, lentas e intimistas. Linderman canta (ou declama) enquanto toca piano e suas letras estão mais para a prosa do que para a poesia.

Antes de How Is It That I Should Look…, no entanto, veio Ignorance (2021), um álbum que alavancou a carreira da artista e a colocou nos holofotes da crítica. Faz sentido que Ignorance, um trabalho sobre a crise climática, seja um trabalho definidor de uma banda que se chama “estação meteorológica”.

A inspiração para a composição do trabalho veio de um “estranho inverno” no qual a artista leu obsessivamente sobre o aquecimento global. Mais especificamente, um artigo sobre a companhia petrolífera ExxonMobil, que inspirou a faixa “Robber, da qual derivam todas as outras.

As melodias oníricas e melancólicas de Ignorance me lembraram da banda de dream pop sueca The Radio Dept. O nome do duo, “departamento do rádio”, curiosamente, foi inspirado em uma loja de reparos sueca chamada Radioavdelningen, que foi montada em um posto de gasolina abandonado.

No álbum Clinging to a Scheme, de 2010, a faixa “Heaven’s on Fireemana certa falta de esperança diante de um céu que pega fogo. Na introdução da faixa, ouvimos a voz de Thurston Moore, vocalista do Sonic Youth, entrevistando um grupo de jovens em uma cena do documentário The Year Punk Broke. Ele pergunta: “as pessoas veem o rock ‘n’ roll como cultura jovem, mas quando a cultura jovem se torna monopolizada pelos grandes negócios, o que os jovens devem fazer?

Na década de 1970, a canadense Joni Mitchell advogava pelo clima cantando sobre a destruição da natureza pelas grandes corporações e pelo agronegócio. A canção “Big Yellow Taxi”, uma das mais emblemáticas de sua carreira, faz referência à polícia de Toronto, e aponta o dedo para as autoridades. Na época, a crise ambiental era ignorada pelo mercado financeiro em nome de perspectivas mais realistas. Hoje, ela se tornou realidade.

 347 total views,  5 views today

Autor:

é músico e escreve sobre arte