Três Novos Filmes Sobre Música Que Valem A Pena

Produções simples lançadas neste ano trazem o amor pela música como protagonista

18,898 total views, no views today

Não tem jeito, a relação entre cinema e música é antiga e o sucesso dessa parceria já está mais do que consolidado. Curiosamente, 2014 tem sido um bom ano para filmes que tem a música não só como acompanhamento, mas como personagem principal.

Por isso, a intenção aqui foi juntar três filmes novos, ainda recém-lançados e que tem um apelo mais popular, mas sem perder a qualidade. Tratando a música de um jeito leve e romântico, nenhum dos filmes vai mudar sua vida, mas você precisa estar de muito mal humor para não sorrir no final.

Mesmo Se Nada Der Certo (Begin Again)

De longe, o mais simpático e redondinho dos três, o filme já chega cheio de credenciais para se tornar o novo queridinho de muita gente. Do mesmo diretor do clássico Apenas Uma Vez (Once) e trazendo Keira Knightley, Mark Ruffalo e Adam Levine no elenco, a impressão é de que você já viu este filme diversas vezes, mas isto não deve torná-lo menos divertido.

A história gira em torno da carreira decadente do personagem de Ruffalo como produtor musical e da história de amor entre Knightley e Levine, atrapalhada pelo sucesso repentino dele como cantor. É um filme que agrada fãs de romance, de musicais, de comédias e de filmes Indie sem ser nada disso e sendo tudo isso ao mesmo tempo. Se você sair de lá sem cantarolar alguma das canções e sem estar com o coração um pouco mais aquecido do que entrou, você é um caso perdido.

Mesmo Se Nada Der Certo estreou no Brasil no dia 18 de setembro.

Frank

O mais pirado dos três e, ao mesmo tempo, meu preferido entre eles. O filme conta a história de Frank (Michael Fassbender) – para os que se empolgaram em ver a beleza do ator, sinto informar que ele passa o filme todo com uma bizarra cabeça de papel machê -, o líder de uma banda independente esquisitona, nos moldes de muita coisa que ouvimos todos os dias, que está em busca do sucesso, e vão tocar no famoso festival South By Southwest (SXSW).

O filme do diretor irlandês Lenny Abrahamson é uma comédia cheia daquela ironia que gostamos cada vez mais, misturada com Road Movie, mas sem perder uma certa profundidade emocional em momentos chave da narrativa. Foi um sucesso no festival de Sundance e entre os três desta lista é o que tem agradado mais os críticos, pela ousadia e pela profundidade disfarçada da trama.

Frank foi exibido durante o Festival do Rio deste ano e ainda não tem previsão de estreia por aqui.

God Help The Girl

O primeiro filme de Stuart Murdoch, da banda Belle and Sebastian, não tem sido bem recebido por uma parcela de público e crítica, mas eu recomendo sem pestanejar. A questão é a seguinte: se você vem acompanhando os trabalhos mais fofos e mais recentes da banda e curte uma história pouco ambiciosa, mas igualmente fofa, o filme é pra você. Mas se essa não é a sua, nem vale experimentar, então saiba no que está se metendo.

Se estiver no clima certo, o filme é delicado, com boas atuações, músicas boas e bem inseridas, numa boa estreia de Murdoch como diretor. Ele fez o filme que esperávamos, sua banda em versão cinematográfica e é esse seu maior trunfo, mas também seu maior defeito.

God Help The Girl foi exibido durante o Festival do Rio deste ano e ainda não tem previsão de estreia por aqui.

18,899 total views, no views today

MARCADORES: Filme, Lista

Autor:

Nerd de música e fundador do Monkeybuzz.