Banda Pussy Riot é presa na Rússia por protestar

Grupo fez performance improvisada em igreja e foi detido; integrantes fazem greve de fome pelo direito de serem libertadas por fiança

1,901 total views, no views today

Nós aqui no Monkeybuzz tínhamos 140% de certeza que essa eleição na Rússia ia ser polêmica. O que a gente não sabia é que ia sobrar até para grupos musicais.

A banda punk Pussy Riot, composta só por mulheres, foi presa por protestar contra Vladimir Putin, o presidente que foi reeleito para mais seis anos no Kremlin. Eles fizeram um protesto improvisado na Catedral de Cristo Salvador de Moscou no dia 21 de fevereiro, cantando uma música chamada Holy Shit que protestava contra o apoio da igreja cristã ortodoxa a Putin. O grupo foi então capturado pelos policiais.

“Essas cidadãs foram presas pela suspeita de cometer um crime envolvendo uma grosseira violação da ordem pública, o que incluiu incitar ódio religioso como parte de uma conspiração planejada”, disse o Ministro do Interior russo.

Enquanto isso, uma agência de notícias russa afirma que duas integrantes da banda entraram em greve de fome na prisão. Elas pedem o direito de ser soltas por fiança, já que têm filhos pequenos.

1,902 total views, 1 views today

ARTISTA: Pussy Riot
MARCADORES: Polêmica, Punk

Autor:

Jornalista. Acredita nos duendes enroladores de fones, mas não no hype.