Damon Albarn declara o fim do Blur e do Gorillaz

Cantor diz em entrevista que não vê futuro para nenhuma das bandas; gravar novamente com o Blur seria “muito difícil” e Gorillaz estaria encerrado por desentendimento com Jamie Hewlett

 8,636 total views

Damon Albarn irá encerrar de vez as atividades do Blur e do Gorillaz em 2012. É o que o cantor afirmou em uma entrevista ao jornal britânico The Guardian, em que disse explicitamente que não prevê novos álbuns ou shows do Blur após o concerto de reunião em 12 de agosto, para o qual a banda ensaia e já até compôs pelo menos uma nova música, e nem novos trabalhos com o Gorillaz.

“Eu realmente não vejo mais gravações depois disso”, disse Albarn sobre o Blur. “Acho muito fácil gravar com o Graham. Ele é um músico de rotina. Com os outros dois, é mais difícil para eles se reconectarem. Entende o que eu digo? É legal quando tocamos ao vivo – ainda é muito mágico – mas realmente gravar coisas novas, trocar influências musicais… é bem difícil”, declarou.

Sobre o Gorillaz, Albarn afirma que o último disco da banda virtual criou diferenças entre ele e o co-criador Jamie Hewlett, responsável pelo design dos personagens e de seus clipes. “Jamie acha [que o Gorillaz acabou], o que é compreensível. Acho que estávamos com objetivos diferentes naquele último disco, o que é uma pena”, diz Albarn. “A música e os clipes não estavam funcionando tão bem juntos, mas eu senti que havíamos feito um álbum realmente bom, e eu gostava dele. Então fomos e tocamos ao vivo. ‘Brigar’ soa muito juvenil, não é? Mas ser juvenil com essas coisas acontece. É uma pena”.

Se as duas bandas acabarem, porém, Albarn não vai ficar sem o que fazer. Atualmente, ele se prepara para lançar o disco do Rocket Juice And The Moon e a trilha-sonora de sua ópera.

 8,637 total views

MARCADORES: Polêmica

Autor:

Jornalista. Acredita nos duendes enroladores de fones, mas não no hype.