Michael Gira fala sobre último disco de Swans

Álbum, ainda sem título, é esperado para maio deste ano

 1,494 total views

No ano passado, o músico Michael Gira prometeu um novo (e último na formação atual) álbum do Swans. Em uma entrevista recente, o músico revelou alguns detalhes da obra e de seu processo de produção.

“É um épico”, disse Gira nessa entrevista. “É como se Ben-Hur se juntasse a Ran, de Akira Kurosawa […] Uma parte tem 240 faixas distintas. Mas também tem vários momentos mais delicados. Tem nele muita orquestração – cordas, metais e corais femininos -, mas sem gaita de fole desta vez. As faixas mais longas têm 28 minutos, algumas com 22 ou 23 minutos também”, completa.

Durante a entrevista, o músico disse também que convidou sua esposa para participar do álbum. “Minha mulher, Jennifer, canta em uma das faixas centrais […] Ela não é uma musicista, mas tem a habilidade de cantar e eu escrevi algumas faixas para ela”, diz o músico.

Ao descrever o novo álbum, Michael usou termos como “mais detalhado e cheio de nuances” e ainda disse: “Há alguma beleza, algo idílico, no cataclismo”. Ele completa dizendo: “Eu investi tudo o que tenho para ter certeza que este é o melhor álbum já feito […] E daqui a algum tempo vou perceber que falhei”.

Falhando ou não em sua missão, Gira tem certeza que esse será o álbum “final” de Swans. Porém, ele diz que continuará ocasionalmente a usar o nome da banda e até tem planos para continuar tocando com alguns dos músicos que o acompanham agora. “Este álbum é de despedida porque a música em si é de despedida […] Todos nossos álbuns são de certa forma os últimos. São as coisas mais importantes que você pode fazer”, explica o músico.

Atualmente sem título, o disco é esperado para maio de 2016.

 1,495 total views,  1 views today

MARCADORES: Novo álbum

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts