Ouça: f y f e

Anteriormente conhecido como David’s Lyre, a segunda chance de Paul Dixon vem sob um nome e sonoridade diferentes

 2,162 total views

São poucos artistas conseguem se reinventar usando praticamente os mesmos elementos de trabalhos anteriores e mesmo assim obter um resultado bem diferente, mesmo que não seja tão divergente assim. Explicando melhor: o londrino Paul Dixon que era anteriormente conhecido como David’s Lyre, pseudônimo que usou entre 2010 e 2012, se reinventou no começo deste ano, sob uma nova alcunha e sonoridade, e eis que nascia f y f e.

Retrocedendo aos primórdios de sua carreira (ainda como David’s Lyre), Dixon alcançou certo sucesso ao remixar faixas de Marina and the Diamonds e Everything Everything, mas foi com sua música autoral que começou a realmente despontar. Um cativante Baroque Pop com tendências eletrônicas, algumas excentricidades e muito da estética Indie fizeram com que seus primeiros singles ganhassem notoriedade em pouquíssimo tempo. Em 2012, Paul finalizou seu primeiro (e último) disco sob este pseudônimo. Picture Of Our Youth conseguiu certo buzz, mas acabou passando despercebido de muita gente.

Após um pequeno hiato e ressurgido como f y f e, o músico “reutilizou” parte da sonoridade do antigo projeto, ainda mais no que diz respeito às excentricidades. Porém desta vez trouxe uma grandiosidade que não era vista por lá. Paradoxalmente, o músico utiliza tendências do minimalismo em suas composições – com certeza uma dicotomia bem curiosa.

Seu primeiro single, Solace, foi cercado por alguns mistérios. O principal foi que Paul ainda não havia revelado sua real identidade. Somente sua nova alcunha e a foto de sua nuca estampavam sua página no Soundcloud ; e sejamos francos, quem é que não gosta de um mistério?

A faixa foi muito bem e ganhou a atenção de muita gente, alcançando mais de 143 mil visualizações em pouco mais de dois meses. Sua lenta progressão e diversidade de elementos eletrônicos e acústicos criam um misto interessante (o que pode lembrar um pouco o que Dan Croll faz). A cereja do bolo é sua lírica Pop e ao mesmo tempo obscura, com um refrão como este “Living isn’t easy when you’ve been free and it’s taken away…” e guitarrinha aguda que costura os versos da canção.

Sua outra faixa, St. Tropez apresenta os mesmos contornos minimalistas com guitarra, violinos e batidas eletrônicas, além de um lindíssimo trompete – uma combinação nada usual, porém ótima.

Estas duas faixas são um pequeno aperitivo para seu novo EP, que receberá o nome de Solace. Sua primeira obra sob a nova alcunha tem data de lançamento prevista para o dia 8 de abril, e até lá estaremos muito ansiosos.

 2,163 total views

ARTISTA: f y f e
MARCADORES: Ouça

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts