Ouça: Kins

Prestes a lançar EP, banda britânica merece ter seu primeiro álbum apreciado

2,031 total views, no views today

Kins é uma banda britânica na ativa desde 2010 que prepara o lançamento de seu EP Cyclical já para o próximo 6 de julho – fique atento ao Monkeybuzz para resenha em breve. Conhecê-la hoje traz duas grandes alegrias: Além do disco saindo do forno, você pode explorar sem pressa seu passado, que conta com um surpreendente álbum que também leva o nome de Kins, lançado em 2013.

Kins – Young

Além de Young, Cyclical conta também com as ótimas Little Dancer e a recém-lançada J. Tito, além de uma inédita que só conheceremos na segunda-feira, quando o EP sair. Em comum, elas possuem algumas das melhores características da banda, como vistas também em seu disco de estreia.

Kins faz músicas, no geral, tensas e com um quê de sombrias – uma coisa meio Alt-J em Breezeblocks. É notável como o quarteto utiliza timbres contrastantes entre agudos (quase sempre das guitarras) e graves (nem sempre apenas dos baixos, mas também da percussão), tudo em uma cama de distorções e sintetizadores com um quê de psicodelia.

Os apreciadores de músicas construídas em pequenas dissonâncias e de uma melancolia latente não podem perder essa dica. Não é o tipo de banda que tenta reinventar qualquer roda, mas que cumpre muito bem seu papel de entregar ótimas composições em lindos arranjos, daqueles que te pegam emocionalmente.

Não deixe de aproveitar o tempinho antes de Cyclical sair para se aventurar por Kins, o álbum. É um disco que desenvolve-se em um tempo muito próprio, com uma segunda metade ainda melhor que a primeira (não por acaso, os hits Mockasin’s e Aimless estão lá). Preste atenção em The Love Potion e Absblurd para ter certeza do quanto a banda promete daqui pra frente, ainda mais em vista do notável amadurecimento que as músicas novas evidenciam.

Dê o play, feche os olhos e dê boas-vindas a uma nova banda favorita.

2,032 total views, 1 views today

ARTISTA: Kins
MARCADORES: Ouça

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.