Ouça: The Trouble With Templeton

O Indie Folk australiano mostra sua cara com um jovem prodígio que, com apenas 21 anos já tem um ótimo disco e músicas que ultrapassam a barreira do estilo

1,964 total views, no views today

Someday Soon foi o clipe que nos fez prestar atenção neste cara. O prodígio australiano Thomas Calder adota o nome de The Trouble With Templeton e consegue trazer em suas músicas uma carga emocional muito grande. Seus arranjos e letras, quase sempre melancólicas, remetem muito ao Folk, principalmente no que se diz respeito aos versos tristes e sinceros.

Seu som pode ser definido como um Indie Folk que ultrapassa as barreiras do estilo, agregando a ele outras influências e sonoridades. Sua música é feitas à base de voz e violão que se assemelha com o que Elliott Smith fazia nos anos 90 – não só na pegada acústica, mas também no teor das letras e até mesmo em sua voz às vezes chorosa, porém Thomas tem um vocal muito mais potente e consegue alcançar notas que Elliott não ousava.

Bleeders, seu álbum de estreia que saiu ano passado, é um daqueles que te pegam de surpresa, tamanha a simplicidade e eficiência do disco. A crueza e a sensibilidade se contrapõem a maturidade do artista, que mostra muito bem esses dois lados em seu primeiro trabalho.

Cada uma das nove músicas que o compõe mostra uma faceta do artista, passeando entre a melancólica, da já citada Someday Soon, até o som mais amigável às rádios na animada I Wrote A Novel. O disco ainda passa por ótimos momentos na faixa que lhe dá nome e na melódica When Will.

Com somente 21 anos, o músico já tem um disco lançado e já mostra que sabe fazer som de gente grande. O Folk diferente que ele faz já começa a se projetar para além das terras australianas como uma grande promessa do estilo.

1,965 total views, 1 views today

MARCADORES: Ouça

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts