Resenhas

Angel Haze – Back to the Woods

Cantora sabe dosar energia do Hip Hop contemporâneo em faixas que aproximam-se do Pop

1,709 total views, no views today

Ano: 2015
Selo: Independente
# Faixas: 13
Estilos: Hip Hop
Duração: 50'
Nota: 4.0
Produção: Tk Kayembe

Por mais estranha que a afirmação possa parecer, Angel Haze é a mais convencional entre os artistas mais alternativos do Hip Hop. É o que seu novo disco, Back to the Woods, mostra ao longo de suas 13 faixas, que sabem agradar sem dificuldades os fãs das vertentes mais contemporâneas do gênero sem deixar um lado mais Pop de fora.

A boa notícia é que essa versatilidade é apresentada com aparente honestidade. Melhor ainda é perceber que ela ainda posta em uma sonoridade que flerta com as vanguardas do Hip Hop em suas batidas e rimas, ao mesmo tempo em que sabe utilizar-se de estilos próprios do R&B para os momentos mais tranquilos do álbum.

É como se ela produzisse dentro da intersecção dos dois, em uma transição entre faixas que nunca incomoda quando o pêndulo muda de lugar. Detox, por exemplo, é uma das que consegue trazer os graves raivosos para acompanhar o Rap e, em seguida, seu vocal cantado por cima de um timbre de piano.

Impossible deve agradar quem curte o clima mais tenso de gente como M.I.A. e Kanye West, enquanto Moonrise Kingdom e Gods possuem um apelo Pop inegável, e o fato delas todas se darem tão bem juntas no mesmo disco é o lado mais positivo dessa versatilidade que Angel Haze apresenta.

Back to the Woods está longe de ser algo muito inédito se você acompanha a sonoridade que ela trabalha. Sua qualidade, porém, garante sua menção entre os melhores da temporada e garante um lugar para a cantora no mapa da música de hoje, principalmente pelos olhos cheios de sangue no Hip Hop. Ouça The Wolves e entenda.

1,710 total views, 1 views today

BOM PARA QUEM OUVE: FKA Twigs, Kanye West, M.I.A.
ARTISTA: Angel Haze
MARCADORES: Hip Hop, Ouça

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.